Apenas 0,36% dos motoristas brasileiros utilizam CNH digital

Documento passou a ser emitido desde outubro do ano passado, entretanto, adesão ao formato ainda é baixa. Entenda as possíveis causas

Por: - 5 meses atrás

Um frio na barriga sempre acontece quando o motorista liga o carro e não tem certeza se está portando sua CNH. Desde outubro do ano passado, é possível solicitar uma versão digital do documento, entretanto, a adesão ainda é baixa: apenas 0,36% dos motoristas brasileiros possuem o documento digital. Em números, são menos de 247,6 mil pessoas.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno

De acordo com matéria publicada no Estadão, São Paulo é a capital que mais solicitou o documento, com 49.995 versões emitidas, porém, ainda está em 21º no ranking do país por conta da cobertura contemplar apenas 0,22% dos registros. Goiás e Rio Grande do Sul ocupam as primeiras posições, com 1,13% e 1,03% respectivamente.

Possível causa

Entre as causas para a pouca infiltração do documento digital é que a versão só pode ser emitida à distância se o condutor possuir uma CNH com QR Code, além de um certificado digital que tem o custo médio de R$ 100. O motorista que possui o documento antigo pode solicitar uma nova versão impressa com QR Code, de modo que não é necessário esperar o registro atual vencer. Após realizar esse procedimento, é necessário realizar um cadastro no site do Detran e confirmar as informações na unidade mais próxima.

O longo procedimento tem sido alvo de críticas por parte de quem tenta realizar o procedimento nos canais de download. Para se ter uma noção, no Google Play Store, o aplicativo CNH Digital está com avaliação média de 2,7. As informações presentes nas plataformas de download não deixam muito claro a necessidade de realizar todas essas etapas.