Ronaldinho quer bater um bolão no campo dos criptoativos com moeda virtual

Ronaldinho Soccer Coin (RSC) já começou a ser vendida de forma privada e vai ser distribuída ao público a partir do dia 16 de agosto

Por: - 7 meses atrás

Ronaldinho Gaúcho também quer bater um bolão no campo das criptomoedas. O craque está lançando a sua própria moeda virtual, em parceria com a startup World Soccer Coin (WSC); e a ideia é que a Ronaldinho Soccer Coin (RSC) se torne a principal moeda do mundo do futebol. As vendas já começaram de forma privada e, em 16 de agosto, estarão disponíveis ao público. Ao todo, serão emitidas até 350 milhões de unidades, das quais 140 milhões serão distribuídas. No entanto, o whitepaper ainda não foi divulgado.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno

De acordo com o site oficial da iniciativa, a World Soccer Coin vai criar uma rede de estádios virtuais e uma superliga em que atletas poderão ganhar prêmios. Nesse sentido, a ideia é que as criptomoedas possam ser usadas para fazer apostas, apoiar times e o projeto Smile, além de fazer compras e realizar pagamentos.

Por trás desse projeto está a NEO, empresa de blockchain criada por Da Hongfei, em 2014. “Usando a tecnologia blockchain, vamos construir uma economia inteligente a partir de um sistema econômico já vigente”, disse Hongfei, no site.

Além da tecnologia envolvida no desenvolvimento da RSC, estão sendo usadas ferramentas de inteligência artificial e de realidade virtual na criação dos estádios. Os centros serão palco da Ronaldinho Super League, e o primeiro torneio está previsto para acontecer na Tailândia, em 2019.

Veja abaixo as iniciativas:

  1. Ronaldinho Super League

A superliga será realizada durante o ano inteiro e a participação está aberta a jogadores de todo o mundo, tanto profissionais quanto amadores. Por meio do uso de câmeras e da inteligência artificial, as habilidades dos craques poderão ser analisadas digitalmente e compiladas em um banco de dados.

  1. e-Sports

Será uma plataforma on-line que reunirá ligas e torneios organizados pela WSC.

  1. Apostas

Uma variedade de apostas estará acessível, como o resultado das partidas da superliga.

  1. Projeto Smile

Programa para jovens jogadores promissores que também promove doações de itens de futebol a crianças carentes.

  1. Sistema de pagamento

Um sistema de pagamento veloz e seguro será desenvolvido com base na tecnologia de blockchain.