Ciberataque pode afetar a entrega de chips dos novos iPhones

Foram invadidos computadores da maior fabricante de chips do mundo, que está desenvolvendo o processador A12 que será instalado nos novos modelos da Apple

Os computadores da maior fabricante de chips do mundo, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Co Ltd  (TSMC), foram invadidos, e essa brecha na segurança pode atrasar a entrega de chips para os novos modelos do iPhone. A Apple é um dos maiores clientes da companhia, que atualmente produz o processador A11 do iPhone X e está produzindo o A12, que será instalado nos novos smartphones. Há rumores de que ainda neste ano a Apple lançará três modelos.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

O ataque cibernético, que veio a público no sábado, 4, afetou os computadores e as ferramentas para a produção dos chips. Na ocasião, a TSMC disse que isso poderá afetar os envios dos itens e fazer com que a receita recue 3% ou US$ 225 milhões em relação às projeções para o terceiro trimestre, de acordo com reportagem da CNBC.

Já no domingo, a empresa comunicou que 80% dos equipamentos já tinham voltado a operar normalmente.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS