Startup quer revolucionar e-commerce de alimentos com carro autônomo

Carro autônomo pode ser solução de logística para varejistas que enfrentam problemas no transporte de alimentos comprados pela internet. Confira o projeto de empresa do Vale do Silício

A startup norte-americana AutoX está prestes a pilotar um novo modelo de e-commerce alimentar que trabalhará só com entregas via carros autônomos. O projeto piloto, segundo o site especializado Chain Store Age, ocorreria primeiramente em San José, na Califórnia, nos arredores do Vale do Silício. Por meio de uma parceria com a GrubMarket.com, empresa de comércio eletrônico de produtos alimentícios frescos, a AutoX permitirá que os consumidores peçam e recebam a entrega diretamente de um veículo sem motorista.

Depois que os clientes fizerem o download do aplicativo AutoX, eles poderão pedir perecíveis frescos, como legumes, frutas, entre outros itens. Os mantimentos são preservados no carro, com temperatura controlada e adequada de acordo com os produtos. Quando o veículo AutoX chega, a janela automaticamente se abaixa e os clientes pegam o pedido.

Os carros autônomos possuem sensor de câmera de alta resolução que aciona a inteligência artificial usada para detectar, com segurança, pequenos objetos, evitando também contato com crianças e animais de estimação, que podem estar nas vias, eventualmente.

“Estamos entusiasmados em combinar a experiência de mercearia fresca e acessível da GrubMarket com a criatividade e capacidade de entrega da AutoX”, disse Mike Xu, CEO da GrubMarket. “Estamos ansiosos para fornecer aos nossos clientes opções de entrega ainda mais convenientes.”

Outros varejistas também estão mergulhando o dedo do pé nas águas de entrega autônoma. Em agosto, a Kroger Co. lançou formalmente um piloto de entregas de supermercado autônomo em um local da Fry’s Food em Scottsdale, Arizona. O lançamento vem várias semanas depois que a Kroger anunciou sua parceria com a startup de tecnologia Nuro, fabricante de um veículo totalmente não-tripulado.

Walmart

O Walmart também está colocando sua própria rotação em carros sem motorista em algumas lojas. Por meio de uma parceria com a Waymo, projeto de carro autônomo do Google, o Walmart está testando a tecnologia para transportar clientes de suas casas para uma loja local para pegar suas compras adquiridas no e-commerce. O programa, que é conduzido a partir de uma loja Walmart em Chandler, Arizona, está sendo testado entre um grupo de 400 usuários diários do Waymo.

 

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS