Descubra quem é quem no ambiente de trabalho

Pesquisa da Plantronics e da Factworks com mais de 4 mil pessoas aponta os cinco perfis de colaboradores mais comuns nos escritórios

Por: - 2 meses atrás

Desde a chegada dos Millennials ao mercado de trabalho, os empreendedores estão focando em colaboração e comunicação, pensando na mobilidade e buscando o máximo de produtividade, mesmo para quem trabalha remotamente. Para entender o que estas mudanças significaram para a força de trabalho, a Plantronics encomendou à Factworks uma pesquisa com mais de 4 mil pessoas nos Estados Unidos, Alemanha, França, Suécia, Índia, China, México e Brasil. Os resultados da pesquisa apontaram uma clara segmentação de cinco personas que compõem o ambiente de trabalho de uma empresa típica. Veja abaixo as características das personas:

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno

• O Comunicador do escritório é alguém que se comunica bastante interna e externamente e tem pontos problemáticos bem específicos. Tende a preferir modos de comunicação mais tradicionais e tem dificuldade para adotar novas tecnologias. Em média, utilizam 5,9 dispositivos no trabalho, sendo 80% do tempo usam telefone de mesa, 10%, PC e 10%, smartphone. Seu ambiente de comunicação é 100% em uma mesa individual no escritório;
• O Colaborador do escritório é alguém que tem um estilo de trabalho um pouco mais variado em relação a como faz seu trabalho. Na maior parte do tempo, ele trabalha na sua mesa, mas alterna entre dispositivos conforme o necessário para gerenciar a comunicação. Ele geralmente usa música para isolar o ruído ambiente dos colegas de escritório. Em média, utiliza 7,3 dispositivos no trabalho, dividindo o tempo em 66% com um telefone de mesa, 18% com um smartphone e 16% com PC. Seu ambiente de comunicação é 100% em uma mesa individual no escritório;
• O Profissional flexível tem o desafio de trabalhar em vários locais diferentes. Geralmente é alguém que frequentemente trabalha de casa. Usa todos os canais de comunicação e é uma entusiasta de mídias sociais. Em média, este perfil utiliza 8 dispositivos no trabalho, dividindo o tempo de uso em 54% por telefone de mesa, 30% pelo smartphone e 16% pelo PC. 43% destes profissionais utilizam fones de ouvido para chamadas de trabalho. Seus ambientes de comunicação são 58% em uma mesa individual no escritório e 26% viajando ou em trânsito;
• O Profissional “da estrada” é altamente móvel. É uma porcentagem pequena da empresa, mas eles estão sempre estarem em movimento. Seu cargo exige que ele se comunique com interessados internos e clientes por meio de chamadas agendadas e reuniões de negócios. Seu smartphone e seu computador são suas ferramentas de trabalho mais críticas. Gosta de se comunicar por bate-papo e vídeo, mas, quando está em trânsito, precisa ficar conectado e sempre parecer profissional. Em média, este perfil utiliza 8,1 dispositivos no trabalho, dividindo o tempo de uso em 49% com telefone de mesa, 34% com smartphone e 20% com PC. Seus ambientes de comunicação são 48% em uma mesa individual no escritório, 17% em outros locais do escritório e 33% viajando ou em trânsito;
• O Executivo conectado é o executivo do futuro, muito promissor. Ele é muito multimodal, viaja bastante e seu trabalho é muito valorizado pela organização e, portanto, as empresas procuram retê-lo e estimular sua produtividade. Comunica-se o tempo todo e em qualquer condição, e valoriza a capacidade de transicionar com desenvoltura de uma tarefa para a outra. Em média, este perfil utiliza 9,2 dispositivos no trabalho, dividindo o tempo de uso em 49% com telefones de mesa, 30% com smartphones e 21% com PC. Seus ambientes de comunicação são 48% em uma mesa individual no escritório, 28% em outros locais do escritório e 15% viajando ou em trânsito.

“Os ambientes de escritório aberto em que as pessoas trabalham juntas e colaboram em tempo real são realmente a grande tendência. Vemos muitos espaços ou salas de reunião em que a tecnologia pode facilitar o uso de vídeo e permitir a incorporação de pessoas em chamadas remotas. Para garantir a colaboração no nível máximo, é importante encontrar os dispositivos certos para cada estilo de trabalhador. Só desta forma será possível garantir o foco ideal e a melhor experiência de colaboração entre os funcionários”,  diz Vera Thomaz, senior territory manager da Plantronics do Brasil.