Cresce o interesse pelo WhatsApp e Messenger como canais de compras online

Aplicativos do Facebook aparecem pela primeira vez na lista dos mais usados para compras. Maioria dos que compram online já usou o WhatsApp

Por: - 1 mês atrás

Crédito: Shutterstock

Atualmente, 71% dos consumidores móveis brasileiros são usuários ativos mensais de m-commerce. Ou seja, realizaram pelo menos uma compra pelo smartphone nos últimos 30 dias. A conclusão é da pesquisa Panorama Mobile Time / Opinion Box, que descobriu que o WhatsApp e o Facebook Messenger vêm crescendo na preferência dos consumidores móveis.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

O levantamento ouviu mais de 2.000 brasileiros que acessam a Internet e possuem smartphone. A pesquisa revelou que as mulheres (73%), mais do que os homens (65%), preferem comprar pelo smartphone em vez de usar o computador. Já na classificação por renda, 57% dos brasileiros das classes A e B preferem comprar pelo smartphone. Os consumidores das classes C, D e E (73%), por sua vez, gostam mais de usar os celulares.

No total, 69% dos consumidores que participaram da pesquisa disseram que preferem comprar pelo celular. Além disso, a satisfação dos brasileiros com a experiência no m-commerce cresceu. Na última pesquisa, feita em abril, 83% dos consumidores estavam satisfeitos ou muito satisfeitos. Seis meses depois, a pesquisa mais recente mostra que o índice de satisfação aumentou para 88%.

WhatsApp e Messenger

Na última edição da pesquisa, WhatsApp e Facebook Messenger apareceram pela primeira vez no ranking dos apps mais usados para m-commerce no Brasil. Na ocasião, os apps foram citados como favoritos por 8% e 5% dos consumidores, respectivamente. Em agosto, o WhatsApp lançou a sua versão Business, que tem como foco o atendimento ao consumidor. Apesar disso, o canal vem sendo usado para gerar vendas.

O WhatsApp e o Messenger já foram usados para compras por boa parte dos consumidores. No caso do mensageiro, 61% dos consumidores móveis disseram já tê-lo usado para compras. Já o Facebook Messenger teve uma adesão menor, mas ainda significativa, para este fim – 45%.

Mercado Livre lidera

Os dois aplicativos não apareciam na lista dos aplicativos mais usados para comércio no Brasil em setembro do ano passado. Neste ano, porém, o WhatsApp já figura na lista, no sétimo lugar, com 12% das menções. Mais atrás, o Facebook Messenger tem 6% das menções e ocupa a décima segunda posição.

O líder do ranking dos mais usados para compras é o Mercado Livre. A plataforma lidera a lista desde o início da série histórica da pesquisa, em 2016. De setembro do ano passado para cá, o Mercado Livre ainda cresceu 4 pontos percentuais na preferência dos consumidores – passou de 33% em 2017 para 37% em 2018.

O Mercado Livre é seguido pela Americanas.com, iFood e AliExpress. O iFood tem menos da metade das menções que possui a Americanas.com. Enquanto a primeira foi citada por 15%, a última teve 32% das menções.