Vendas por smartphones sobem 48% em 1 ano, aponta Criteo

Estudo realizado pela Criteo aponta que a ascensão dos smartphones como meio de conclusão das compras ganha ainda mais fôlego. Varejo precisa se preparar

Os smartphones seguem em ascensão acelerada dentro do e-commerce. No Brasil, de maio a junho deste ano, as vendas via sites por aparelhos móveis (incluindo tablets e smartphones) chegaram a 43% das transações on-line. Esses números excluem as compras feitas por aplicativo.

Os números são da Criteo, plataforma de anúncios para a internet aberta. O estudo analisa dados de navegação e compras de mais de 5 mil varejistas em mais de 80 países.

A revista NOVAREJO digital está com conteúdo novo. Acesse agora!

Entre todas essas transações on-line contempladas pela pesquisa, só o smartphone correspondem por 41%, sobrando 2% para as aquisições via tablets. O restante ainda é realizado por desktops. “No mundo todo, as preferências dos consumidores têm mudado à medida que eles se tornam mais dependentes da conveniência e da personalização que as experiências de compra dentro dos aplicativos podem oferecer”, explica Alessander Firmino, diretor geral da Criteo para o Brasil e América Latina.

Smartphones e sua navegação específica

Em relação ao segundo trimestre deste ano, as vendas em tablets e desktops tiveram queda de 22% e 18%, respectivamente. Os smartphones, porém, registraram alta de 48%. “Com pouco mais de dois meses até o Natal, os varejistas precisam entender os padrões diferenciados de navegação e compra de seus consumidores no celular para promover experiências que realmente farão a diferença neste final de ano, incluindo a Black Friday. Agora é o momento de ajustar as estratégias com foco em dispositivos móveis para garantir o sucesso da temporada”, afirma Firmino.

Leia também: Faturamento da Black Friday no e-commerce deve crescer 15% neste ano e chegar a R$ 2,43 bi






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS