Publicações sobre a Black Friday crescem 72% nas redes sociais

Estudo da STILINGUE mostrou quais foram os assuntos mais comentados até aqui e classificou os posts como positivos, negativos e neutros

Por: - 4 meses atrás

A importância do ambiente digital para a Black Friday é inegável: além de ser berço desse movimento, o espaço é aonde os consumidores influenciam e são influenciados. Pensando nisso, a STILINGUE realizou o estudo Pulse Black Friday, que analisou quais assuntos são destaques nas redes sociais.

A empresa monitorou publicações relacionadas à data de descontos no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e blogs. A STILINGUE também checou os comentários dos posts. Ao todo, foram coletadas 68.500 menções nas redes sociais.

O volume de publicações sobre a Black Friday teve um crescimento considerável em relação a 2017. No ano passado, foram 39.721 menções ao tema, enquanto em 2018 o volume de posts chegou a 68.533. Segundo a STILINGUE, o aumento é explicado pela antecipação das campanhas pelas marcas. Como o gráfico abaixo mostra, o sentimento positivo também evoluiu em relação a 2017, impulsionado por elogios e desejos de compra. As interações foram dividas entre positivas, negativas e neutras.

Fonte: STILINGUE

O estudo também dividiu as publicações de acordo com a área de atuação de cada marca:

Público

São Paulo representa 29% das menções geolocalizadas, seguido de Minas Gerais (12%), Rio de Janeiro (11%), Bahia (9%) e
Santa Catarina (3%). A maior parte dos comércios concentra-se no Sudeste, potencializando posts com marcação de local
na região. SP e RJ são os que mais buscam descontos, enquanto MG mostra tendências aos produtos geek, ativados por alguns nichos de fãs de cultura pop.

Bahia tem destaque em roupas, especialmente beachwear, assim como SC. Ambos litorâneos, esses dois estados são destinos turísticos com maior entrada da moda praia. Apesar do RJ também ser litorâneo, o share dos comentários é menor, acompanhando grandes metrópoles no caráter de preocupação com a economia e foco na tecnologia.

Os homens são quem mais comentam sobre a Black Friday. Na base analisada, a maioria se declara masculina no perfil. Já as
mulheres costumam falar sobre livros, celulares, produtos (em geral, de beleza). Elas também detalham mais no Instagram, com propriedades desses produtos pelas chamadas “reviews” ou resenhas.

Assunto

O estudo separou em tópicos o assunto dos comentários dos usuários das redes sociais. O mais comentado foi o preço dos produtos – 71% das interações foram sobre isso. O segundo assunto mais comentado (7%) foram desejos de compra compartilhados pelos internautas. O terceiro assunto foi a escolha de cor dos produtos – 5%. A STILINGUE ainda classificou os comentários sobre cada tópico como positivo, negativo e neutro.