Nutrição 4.0: Nestlé aposta em DNA e IA para dietas personalizadas

De olho na revolução da longevidade, gigante aposta na alimentação saudável e, mais que isso, personalizada ao extremo

Por: - 10 meses atrás

Atenta às tendências de personalização no ramo alimentício, a Nestlé – uma das maiores empresas de alimentos do mundo -, inicia ações que indicam à nutrição personalizada unindo três aspectos: inteligência artificial, testes de DNA e a obsessão de usuários viciados em fotografar seus pratos no Instagram.

A ideia, que teve seu start no Japão, ofereceria a uma empresa suíça as informações necessárias sobre bem-estar e alimentação saudável recente de seus consumidores cada vez mais preocupados com a melhoria de sua saúde e longevidade.

O case do Japão contou com 100 mil participantes no programa “Nestle Wellness Ambassador”, onde os usuários enviavam fotos de sua alimentação pelo app Line, que recomenda mudanças no estilo de vida. A iniciativa traz capsulas que produzem chás ricos em nutrientes e vitaminas, além outros itens, como salgadinhos que levam combinação de vitaminas em sua composição.

Outra vertente do projeto é a combinação de DNA, onde o consumidor fornece amostras de sangue e DNA que podem ajudar na prevenção de doenças comuns como colesterol alto e diabetes.  “A Nestlé está dando mais um passo. Eles estão tentando descobrir o algoritmo entre os resultados dos testes e as informações genéticas e o que eles recomendam como uma solução. Se eles pudessem fazê-lo, seria um passo muito grande”, disse Ray Fujii, sócio da LEK Consulting no Japão em entrevista ao jornal britânico Independent. 

Novos horizontes

Os investimentos neste segmento vêm com o interesse crescente nos chamados nutracêuticos – ingredientes derivados de alimentos que são processados ​​e embalados como remédios ou auxiliares de bem-estar – entre consumidores que são cada vez mais céticos em relação aos produtos de massa. Por isso, a Nestlé aposta em mais de cem cientistas em áreas como biologia celular, medicina gastrointestinal entre outras especialidades no Instituto Nestlé de Ciências da Saúde. 

Cases anteriores

A tendência de personalização alimentícia ao extremo não é necessariamente uma novidade. A marca de sopas Campbell Soup Co investiu US 32 milhões de 2016 na Habit, empresa especializada em nutrição personalizada que fica em San Francisco. A companhia usa DNA para fazer recomendações de dieta, além de oferecer coaching nutricional e sugestões de refeições sob medida.