Envie seu atestado médico para um bot

Solução desenvolvida pela Flex digitaliza o processo de recebimento de documentos de colaboradores. Entenda!

Por: - 8 meses atrás

Shutterstock

Se sua empresa possui um desafio, é provável que ele seja o mesmo enfrentado por milhares de outras empresas. E são exatamente as dores, os problemas, somados com a observação de tendências, as principais fontes de insumo para o processo de inovação.

“Um desses movimentos é a extrapolação da atenção atribuída à jornada do consumidor para dentro das empresas, por meio da criação de experiências memoráveis para seus próprios profissionais”, explica Leandro Schmitz, Superintendente de Inovação da Flex.

De dentro para fora. É esse o caminho que a inovação deve percorrer dentro de uma empresa. Ou seja, por mais incrível que seja a interface com o cliente, há questões complexas, internas, que podem afetar a jornada e a experiência do consumidor, na ponta. Essa é uma questão que envolve, por exemplo, investimentos em back-office e eficiência. Com isso, os ganhos são muito reais: alcançam desde o consumidor até a redução de custos e aumento de produtividade da empresa.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Diante dessas circunstâncias, existem soluções que colaboram com todo tipo de dificuldade enfrentada pelo lado de dentro das empresas. Entre elas, uma ferramenta bastante curiosa: os atestados médicos digitais. Desenvolvida pela Flex para atender a uma necessidade própria, a solução digitaliza o processo de recebimento de atestados médicos dos profissionais, evitando que o colaborador tenha que se deslocar até uma unidade da empresa.

O ganho de produtividade é real, especialmente porque o trabalho de preenchimento de documentos e registro de dados passa a ser feito por um bot. “O robô cumprimenta o colaborador, questiona qual tipo de documento ele precisa entregar, faz perguntas de acordo com a gravidade da situação”, afirma Schmitz.

Para garantir a autenticidade da solicitação, o colaborador consegue se autenticar pelo próprio bot e também envia uma foto de si mesmo com o atestado. “Após o envio do documento, o profissional recebe mensagens ou e-mails sobre o status do envio”, conta o executivo. Dentro da empresa, por meio de dashboards, torna-se possível entender quais são as causas de doença que mais afligem os colaboradores, por exemplo. Visto de outra forma, as informações dos atestados médicos passam a estar disponíveis como insumos para a tomada de decisão e a criação de estratégias de prevenção.

Por mais que tenha sido desenvolvida para atender às necessidades da própria Flex, a ferramenta passou a ser oferecida para outras empresas, justamente por ser uma necessidade de muitas delas. A adesão, naturalmente, foi muito real: o público jovem, bastante presente no setor de BPO, teve muita familiaridade com a plataforma. “Já no primeiro mês de utilização, o bot derrubou o movimento nos balcões de RH, diminuiu a necessidade de dedicar profissionais para o recebimento e processamento de atestados, ao mesmo tempo em que criou uma experiência inovadora para nossos profissionais”, conclui Schmitz