56% dos consumidores brasileiros pretendem usar app para pagamentos

Levantamento da companhia espanhola Minsait destaca potencial do pagamento digital não só no mercado brasileiro como em toda a América Latina. Confira

2019 pode ser o ano em que o pagamento digital entrará oficialmente para o dia a dia dos brasileiros. É o que aponta uma pesquisa realizada pela Minsait, empresa espanhola especializada em consultoria de transformação digital. Segundo os dados, 56,9% dos consumidores brasileiros têm intenção de usar algum tipo de aplicativo (por exemplo, a carteira virtual) para realizar pagamentos durante este ano.

LEIA MAIS
WeChat busca parceiros para popularizar seu meio de pagamento fora da China

Essa é uma forte tendência em toda a América Latina. Na Argentina, 53,8% dos consumidores também pretendem testar algum meio virtual de pagamentos; no Chile, o porcentual é de 63% e na Colômbia, 67,8%. Peru (72,7%) e República Dominicana (74,4%) são os destaques nesse sentido.

Atualmente, 27,2% dos consumidores brasileiros declaram usar aplicativos como meio de pagamento em estabelecimentos comerciais e 19,3% afirmam usar soluções online para pagamentos P2P.

A força dos cartões
Como aponta a empresa, o espaço para o pagamento digital crescer existe e o mercado abriga grandes oportunidades. No entanto, o maior desafio é superar a confiança que o brasileiro credita aos cartões de débito e crédito.

No cenário latino-americano, o Brasil lidera a frequência de compra com cartões de crédito: 81,6% dos consumidores afirmam usar esse meio “sempre” ou “quase sempre”.

O potencial está online
É possível que o caminho de crescimento para o pagamento digital seja via compras online. Além dos países latino-americanos, a amostra da Minsait também analisa dados de Portugal, Espanha, México e República Dominicana. Nesse quadro, o país concentra a terceira maior proporção de compradores online: 94%.

A confiança neste canal também é alta. Cerca de 62,7% dos entrevistados brasileiros considera o ambiente online totalmente ou bastante seguro para compras.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Quanto custa abrir uma franquia de varejo no Brasil?

Home office é tendência de trabalho para 2020: veja 5 dicas

“Parasita”: Pessoas, baratas, parasitas e a diluição da identidade

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

Quais são as tendências para 2020. Veja a lista

VEJA MAIS