Procon-SP vai notificar o Palmeiras por cobrança de carteira do Programa Avanti

Em nota, a Fundação Procon-SP informou que vai notificar o clube Palmeiras sobre o seu programa de sócio torcedor. O motivo seria a troca do sistema de catracas do estádio

Por: - 5 meses atrás

Crédito: Palmeiras/ divulgação

A Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, notificou hoje (dia 7) o Programa Avanti para prestar esclarecimentos sobre o programa de sócio torcedor da Sociedade Esportiva Palmeiras. De acordo com o órgão, o sistema de catracas do Allianz Parque foi modificado recentemente, o que tornou necessária a substituição das carteirinhas. Para recebê-las em seu endereço de cadastro no Avanti, os associados precisam pagar uma taxa de entrega – algo justamente contestado pelo Procon-SP.

“A Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, informa que o torcedor do Palmeiras, sócio do Programa Avanti, não é obrigado a arcar com o custo de envio da nova carteirinha, já que a mudança pelo modelo de catracas ocorreu por decisão dos administradores do programa”, diz nota oficial do órgão.

Por conta disso, o Palmeiras será notificado. Após essa comunicação, o clube terá 72 horas para responder ao Procon-SP.