BRF recolhe 164 toneladas de carne de frango por possível presença de Salmonella

Produtos são da marca Perdigão e vêm de lotes possivelmente contaminados com a bactéria responsável pela maioria dos casos de infecção alimentar

Crédito: Agência Brasil

A BRF decidiu recolher 164 toneladas de carne de frango da marca Perdigão nesta quarta-feira (13). A empresa informou que testes de laboratório detectaram risco de presença de Salmonella Enteritidis, bactéria mais frequente nos surtos de infecções alimentares, diarreias e gastroenterite.

Os lotes com carnes congeladas possivelmente contaminadas foram comercializados em 13 estados. A empresa catarinense ainda vai recolher outras 299,6 toneladas de carne de frango destinadas à exportação. Todos os lotes foram produzidos na fábrica de Dourados, no Mato Grosso do Sul.

A BRF informou que vai recolher os produtos de todos os lotes envolvidos no recall. Os consumidores precisam identificar se o produto comprado está entre os que têm risco de contaminação e entrar em contato com a empresa. A produtora vai substituir o produto ou devolver o dinheiro dos clientes.

A fábrica de Dourados, que produziu os lotes, está operando em regime especial. Toda a produção está sendo liberada para comercialização após testes laboratoriais que confirmam a qualidade dos produtos. Segundo a BRF, outros produtos que foram produzidos na unidade no mesmo período dos lotes recolhidos não apresentam qualquer indício de contaminação.

Salmonella

A bactéria detectada por testes laboratoriais foi responsável por 14,4% de todos os 220 mil casos de infecções alimentares entre 2000 e 2015, segundo o Ministério da Saúde. A BRF explicou que a bactéria é do tipo enteritidis, encontrada no sistema digestivo de animais e em vegetais plantados em solos contaminados.

A empresa reforçou que “a Salmonella é eliminada quando o produto é cozido, frito ou assado completamente e, nestes casos, não causa danos à saúde humana”. Os utensílios utilizados para manipular qualquer produto que tenha a presença da bactéria também precisam ser higienizados para evitar qualquer tipo de contaminação.






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS