Novos desafios na gestão do marketing digital

Como criar estratégias eficientes diante das constantes mudanças na área de marketing e da imaturidade digital das empresas

Por: - 8 meses atrás

Na era onde tudo se transformou, nossa forma de se comunicar, nosso tempo, nossas interações, novas tecnologias e, principalmente, a forma como nos conectamos com os produtos antes de comprá-los, acendeu uma nova exigência nos profissionais de marketing baseada em alta performance, análise de dados e, sobretudo, sob uma liderança estratégica muito mais integrada.

 

Não se faz marketing sozinho

Segundo estudo inédito sobre a maturidade do marketing digital, realizado pela consultoria McKinsey com apoio da Associação Brasileira de Anunciantes (Aba), o Brasil é o país da América Latina com maior investimento em marketing digital (24,4% do total de mídia, contra 43,5% da média global). Porém, 80% das empresas nacionais estão ainda em estágios iniciais do marketing digital (23% são iniciantes e 57%, emergentes).

E aí está o maior desafio do gestor: criar estratégias efetivas diante de empresas que ainda engatinham no mundo digital, mas que correm contra o tempo perdido e sofrem com o medo de altos investimentos. Quando você gestor se depara com essa realidade, o único caminho é criar estratégias multidisciplinares, com diversidade de outras áreas (ou parceiros) necessárias para complementar o plano de comunicação, conectando e engajando outros departamentos da empresa. Os formatos de mídia são cada dia mais diversos e ter um time capaz de atuar em todas essas frentes é fundamental, buscando sempre alternar estratégias orgânicas e pagas.

Se antes um gestor de marketing trocava mais com as áreas comercial e financeiro, agora ele é a linha que costura toda a jornada do cliente, desde a sua concepção até o pós-venda, e isso implica também na jornada interna da empresa. Nesse caminho, temos diversos departamentos envolvidos: projeto, tecnologia e inovação, conteúdo, design, vendas, customer experience. Logo, relacionar-se bem com as demais áreas é muito importante. Gerir o marketing pessoal é tarefa diária para potencializar estratégias de forma fluída e conectada.

Em terra digital quem tem dados é rei

A coleta e a análise de dados são fundamentais para o sucesso de qualquer gestão de marketing, motivo do qual transformou também o perfil do gestor, que hoje é imprescindível ter conhecimento de como operar essas ferramentas para conseguir desenhar estratégias efetivas e gerar resultado. Quando isso não acontece, a tomada de decisão corre grandes riscos de assertividade e não há budget que resista.

Atue nos processos e atualize-se sempre

Saber guiar a sua equipe demanda entender o processo operacional. Marketing está cada dia mais dinâmico, de modo que se destacam no meio aqueles líderes que acompanham insights e tendências do mercado, sabem aplicar isso na prática, visando otimizar os resultados. Conseguir plugar essas tendências e fazer a máquina girar são tarefas que vão além da leitura diária: é preciso fazer networking. Estar em contato com pessoas referências no assunto é importante e facilita ter novas ideias e abrir novas oportunidades.