Decidido a vender a Via Varejo, GPA abre novo leilão de ações

Enquanto procura um comprador estratégico para a Via Varejo, o GPA abre novo leilão de ações para se livrar gradualmente da participação na empresa

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) anunciou que vai vender mais ações da Via Varejo, o braço de eletroeletrônicos da empresa que compreende as Casas Bahia e o Pontofrio. Segundo a varejista, o leilão vai acontecer na próxima segunda-feira (25). Serão leiloados 40 milhões de ações ordinárias, correspondente a 3,09% do capital da Via Varejo S.A.

LEIA MAIS
Via Varejo e Getnet lançam serviços financeiros e empréstimo ao marketplace
GPA anuncia a compra da startup James Delivery
Vendas do GPA Alimentar crescem 12% impulsionadas pelo desempenho do Assaí

Ao fim do leilão, o Grupo Pão de Açúcar terá se desfeito de 7% do capital da Via Varejo nos últimos dois meses, segundo levantamento do jornal Valor Econômico. A empresa se mantém como acionista majoritário com 36,3%. A família Klein, de Samuel Klein, fundador das Casa Bahia, tem 25,5% de participação.

Segundo o comunicado emitido pela Via Varejo, “o Conselho de Administração da Companhia autorizou nova alienação de parcela da participação acionária detida na Via Varejo S.A. através de um contrato de TRS (Total Return Swap) a ser firmado com instituição financeira brasileira de primeira linha”.

Três anos de expectativa

Há três anos que o mercado repercute o interesse do GPA de vender definitivamente a Via Varejo. Uma venda para a Amazon já foi considerada pelos analistas por conta do avanço da varejista americana no Brasil, que nunca negou que a falta de estrutura física seria um problema considerável para acelerar sua participação no País. A Via Varejo atua em mais de 400 municípios pelo Brasil.

Em dezembro, o GPA afirmou o interesse de vender de vez o seu braço de eletroeletrônicos até o fim de 2019. Apesar da procura por um comprador definitivo que tome conta da empresa, o GPA não descarta novas vendas pontuais de ações.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS