Dia do Consumidor: da reflexão sobre direitos a uma importante data comercial

O Dia Mundial do Consumidor surgiu como uma data para reflexão sobre a adoção de boas práticas nas relações de consumo. Mas, com o tempo, tornou-se uma data comercial importante para o varejo. Entenda

Por: - 2 meses atrás

Crédito: Shutterstock

O Dia Mundial do Consumidor surgiu há 57 anos como forma de promover uma reflexão sobre os direitos do consumidor. Foi assim: em 1962 desse mesmo dia, o ex-presidente norte-americano, John F. Kennedy foi ao Congresso americano e defendeu os direitos dos consumidores, dentre eles o acesso à informação e a garantia que o cliente deve ser ouvido. Em 1985, a ONU, influenciado pela fala de Kennedy, aprovou diretrizes que ajudaram a construir leis que aprimoraram as relações de consumo ao redor do mundo, como é o caso do Brasil e do Código de Defesa do Consumidor, sancionado em 1990.

Em outras palavras, a data é um importante pretexto para que todos os envolvidos nas relações de consumo reflitam sobre o tratamento dado ao cliente final. No entanto, a data também vem ganhando outra finalidade: o Dia Mundial do Consumidor está se transformando em uma importante data comercial do varejo, especialmente para o e-commerce.

Um estudo feito pelo Ebit/Nielsen, empresa especializada em pesquisas de consumo no varejo on-line, exibe essa vocação comercial da data. De acordo com o estudo, o Dia Mundial do Consumidor deve gerar um faturamento de R$258 milhões no e-commerce em 2019, uma alta de 18% em comparação com os R$229 milhões reportados na data no ano passado. Além disso, o levantamento mostra que o número de pedidos deve subir de 521.322 mil para 536.382 mil, alta de 2,9%, enquanto o tíquete médio deve crescer 14,5%, de R$420 para R$481.

“O objetivo do Dia do Consumidor é aquecer as vendas em um dos meses de menor faturamento do ano, impulsionando o desempenho do setor no primeiro trimestre, que historicamente é o menos importante para o e-commerce”, explica Ana Szasz, head da Ebit/ Nielsen.

Ainda segundo Ana, em termos de faturamento médio diário, o Dia do Consumidor Brasil só perde para a Black Friday, justamente o principal período para o comércio eletrônico. “É uma época que está crescendo e se consolidando no calendário anual do varejo. A cada ano, expande o número de lojistas participantes e de ofertas. Isso chama a atenção do consumidor, uma vez que ele ganha outra oportunidade de comprar mais pagando menos. E, do outro lado, o lojista consegue alavancar às vendas em um mês que anteriormente era frio”, conclui.

Cada vez mais conhecido

Há quem diga que o Dia do Consumidor ainda tem muita lenha para queimar e pode até rivalizar com a Black Friday. O estudo Google Survey, produzido pela empresa de Mountain View, afirma que está crescendo o número de brasileiros que conhecem a data. O levantamento mostrou que quase um terço dos entrevistados conhecem a data ou quase algo em torno de 35 milhões. Além disso, o mesmo estudo mostra que o brasileiro está associando o dia como uma data comercial. Prova disso, dois terços disseram ter encontrado as promoções que procuravam em 2018.

Crédito: Google Survey 2019

O varejo já está de olho nesse crescimento. O estudo mostra que o Dia do Consumidor já não se resume a um determinado dia. Hoje, ele já representa uma semana inteira de promoções e os motivos são apontados no Google Survey:  de acordo com o levantamento, as principais lojas virtuais do Brasil têm 13 milhões de visitas a mais nesses dias, e os downloads de aplicativos de varejistas crescem 26% ao longo da semana. No próprio Dia do Consumidor, esse aumento é de 23%3.

 

Crédito: Google Survey 2019

O estudo também comparou as pesquisas feitas em 2018 e no ano passado. E o resultado surpreende: as buscas relacionadas ao Dia do Consumidor praticamente dobraram no período, e 73% das pessoas que compraram na data começaram a pesquisar uma semana antes, reforçando a ideia de que esse período de compras vai além de um só dia.

Crédito: Google Survey 2019

Produtos mais procurados

O hábito de consumo é outra característica que chama a atenção no Dia Mundial do Consumidor. Hoje, a Black Friday, por exemplo, transformou-se na desculpa perfeito do consumidor de antecipar as compras de natal – o que reforça a sensação de que as duas datas já rivalizam. No Dia Mundial do Consumidor, o foco do brasileiro é a compra de bebidas e alimento, e o motivo seria a páscoa.

De acordo com o Google Survey, comidas e bebidas lideram na data, sendo comprados por 35,4% das pessoas, e ainda tiveram 65% de crescimento nas buscas. “E por que os Alimentos e Bebidas têm tanto peso no Dia do Consumidor? Uma das respostas está na Páscoa. Nos últimos anos, a proximidade entre as duas datas levou a um grande aumento de buscas por chocolates e por outros produtos relacionados ao feriado”, conclui a pesquisa.

E os demais produtos?

O estudo do Google mostra que outras categorias de produtos não devem ficar para trás. Outro estudo, desta vez produzido pela Ebit/Nielsen, aponta que as categorias eletrônicos, eletrodomésticos, moda e acessórios, casa e decoração, além de perfumaria, devem ser as mais buscadas pelo consumidor. Entretanto, está crescendo o interesse do consumidor por alimentos e bebidas, pet shop, papelaria e turismo.

O Zoom, site e aplicativo comparador de preços e produtos, também realizou um estudo sobre os itens mais desejados pelo consumidor. E, mais do que isso, apontou os dois itens de maior desejo: em primeiro, aparece o smartphone Samsung Galaxy J8 SM-J8 10M 64GB 16m0 MP 2 Chops Android 8.0 (Oreo) 3G 4G Wi-fi. Em seguida, aparece Motorola Moto G G7 Plus XT1965-2 64GB Qualcomm Snapdragon 636 16,0 MP Android 9.0 (Pie) 3G 4G Wi-fi. Levantamento de alertas de preço realizado entre os dias 7 de fevereiro e 7 de março de 2019.

Promoções

Mas e o que o consumidor pode esperar de promoção para o Dia Mundial do Consumidor em 2019. Há promoção e descontos de livros, passagens aéreas, cruzeiros marítimos, isenção de pagamento de frete na compra de flores pela internet e até promoção para leilão de carro na internet.

A Saraiva, por exemplo, dará desconto tanto na loja física quanto no e-commerce. Nas lojas físicas, alguns filmes podem ser encontrados com até 70% de desconto; colecionáveis a partir de R$ 59,90; e Música até 50% OFF em itens selecionados. Em games, a rede traz a mecânica promocional pague 2 e leve 3 e oferece cupom de 10% OFF para uma seleção de jogos, incluindo lançamentos.

Já a VIP Direto, aplicativo de leilão que conecta pessoas que vendem e compram veículos, realizará um pregão especial no dia 15, às 18h. Na ocasião, serão disponibilizados alguns carros com lances iniciais de R$ 1 mil. Para participar basta baixar grátis o aplicativo disponível nas plataformas Android ou iOS ou se cadastrar no site www.vipdireto.com.  Na lista estão um Captiva, modelo 2009, e um Clio, modelo 2013.

Bolsas e mochilas também entram em promoção. A Le Postiche dará descontos de até 30% nesses itens. Já a Nespresso fará diversas ações promocionais, dentre elas a oferta da máquina Inissia na cor preta, que sai por apenas R$ 249 e o cliente ainda ganha R$ 100 em crédito para aquisição de cápsulas. As ofertas estarão disponíveis até o dia 24 de março nas Boutiques da marca, pelo telefone (0800 7777 737) e também pelo site especial dedicado para o período: www.nespresso.com/br/pt/ofertas-especiais.

A PlayKids, empresa que produz conteúdo educativo para as famílias, está oferecendo descontos durante a campanha Fun Week, com duração entre os dias 11 e 17 deste mês. O acesso ilimitado ao aplicativo sai por R$ 9,90/mês ou R$ 99,90/ano. Nele, há desenhos infantis, jogos, livros e atividades educativas, entre outros conteúdos.

Descontos em Viagens

Há também promoções em viagens. A MaxMilhas, plataforma que vende passagens aéreas com desconto, criou a campanha Semana do Consumidor – Um dia é pouco pra quem merece viajar mais. A empresa promete o site ofertas especiais para todo mundo viajar com economia. Para acessar os cupons e acompanhar os descontos disponíveis todos os dias, basta acessar o link: semanadoconsumidor.maxmilhas.com.br/. A promoção termina no dia 15 de março.

A Costa Cruzeiros também dará descontos nas viagens feitas de navio. A empresa disponibilizou mais de 100 roteiros pelo Mediterrâneo e Norte da Europa da companhia marítima com descontos de até 20%. A ação já está em vigor e segue até 31 de março. A campanha promocional contempla os roteiros de 7 a 11 noites a bordo dos navios Costa Diadema, Costa Pacifica, Costa Fascinosa, Costa Favolosa, Costa Fortuna, Costa Magica e Costa Mediterranea, com saídas programadas entre os meses de abril e novembro deste ano. As viagens têm opções de roteiros por quase 20 países: Itália, Espanha, Malta, Portugal, França, Bélgica, Alemanha, Reino Unido, Holanda, Noruega, Dinamarca, Suécia, Finlândia, Rússia, Estônia, Polônia, Lituânia, Letônia e Marrocos.

O Mercado Livre também promete descontos em mais de 90 mil ofertas, de segmentos diversos como esportes e fitness, informática; celulares e automotivos, entre outros, com até 50% de desconto, possibilidade de parcelamento em até 12 vezes sem juros e frete grátis para compras acima de R$ 120.

Flores com frete grátis

Já a Giuliana Flores, e-commerce de flores, informa que os produtos mais vendidos da Giuliana Flores poderão ser adquiridos com frete grátis até o dia 17. Além disso, uma seleção especial de produtos mais vendidos contemplará até 50% de desconto. Para conhecer os produtos em promoção, acesse https://www.giulianaflores.com.br/semana-do-consumidor/gsemanacons/.

O site MadeiraMadeira, e-commerce de produtos para casa, terá descontos de até 75% de desconto no dia do consumidor. Após o dia 15 e até o final de março, o site ainda traz algumas ofertas no Fecha Mês do Consumidor.

Agora é só escolher, refletir sobre os seus direitos como consumidor e boas compras.