Estudo mostra preocupação de brasileiros com segurança de dados no e-commerce

Estatística revela que 8 em cada 10 consumidores consideram o sigilo de informações pessoais como fator importante em compras pela internet. Saiba mais

Por: - 4 meses atrás

Ao procurar um produto na internet ou acessar um site de compras, 84% dos brasileiros consideram a segurança de seus dados como o aspecto mais importante durante a transação. Dos entrevistados pela pesquisa global de “Fraude e Identidade” da Serasa Experian, 8 em cada 10 brasileiros responderam que se preocupam com a divulgação de suas informações pessoais na internet.

Outros dois atributos valorizados em experiências nos canais digitais são a conveniência e a personalização do relacionamento, com 10% e 6% da preferência dos entrevistados, respectivamente. Eduardo Castro, diretor de Produtos de Identidade e Prevenção à Fraude da Serasa Experian, afirma que transparência e segurança na hora de comprar influencia na confiança dos consumidores.

“Cada vez mais as pessoas exigem transparência e segurança na hora de comprar e se relacionar com as empresas no ambiente digital. Por isso, proteger os dados dos consumidores é essencial para aumentar a confiança deles nas suas experiências online e, assim, possibilitar a consolidação e crescimento dos canais digitais das empresas”, conta.

Confiança e transparência

Segundo a pesquisa, 90% dos consumidores entrevistados nos 21 países têm consciência de que suas informações pessoais são coletadas, armazenadas e usadas pelas empresas que operam digitalmente. Ainda, 88% dos brasileiros entrevistados afirmaram que quanto mais transparente um site de compras online demonstra ser, maior será a confiança em realizar transações com a empresa.

Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Para 56% dos consumidores do país, não há problema em fornecer mais dados em transações eletrônicas, caso isso gerasse benefícios a eles. Além disso, 72% dos brasileiros entrevistados estão dispostos a passar por processos mais completos ao abrir uma conta online se as etapas forem reduzidas nos futuros acessos.

Levantamento

A pesquisa foi feira dom mais de 10 mil consumidores ao redor do mundo, com 85 mil contas virtuais e mais de 480 mil transações eletrônicas realizadas no último ano. Também participaram do levantamento mais de 1.000 empresas.