James Delivery estreia em São Paulo após ser comprado pelo GPA

Além da capital paulista, a startup de logística se prepara para operar no Rio de Janeiro. Plano de expansão conta com mais nove cidades

Crédito: Divulgação

O James Delivery, startup que se apresenta como “delivery de tudo”, começou a operar em São Paulo nesta segunda-feira (1º). A empresa curitibana foi comprada em dezembro pelo GPA e agora é a plataforma de entregas oficial e exclusiva das redes Extra e Pão de Açúcar.

Segundo o GPA, os serviços do aplicativo estarão disponíveis em toda a capital paulista até o fim de 2019. A startup oferece uma plataforma multisserviços de entrega em até quatro horas de produtos diversos, que vão desde itens vendidos em supermercados até restaurantes e farmácias. Depois de São Paulo, o James Delivery vai operar em mais 10 cidades brasileiras, mas o GPA não especificou onde e quando isso vai acontecer.

“Para nós é importante dar aos nossos clientes o poder de escolha. Esta é mais uma forma para o cliente realizar a compra, não só nas nossas lojas. Ele pode ter tudo o que o James oferece, com as verticais de restaurantes, drogarias ou petshops”, afirma Eandres Aguiar, gerente de operações online no GPA.

A expansão da área de atuação do James Delivery anima Lucas Ceschin, co-fundador da empresa: “São Paulo vai ser a principal praça do James no Brasil. A nossa expectativa é crescer exponencialmente”, afirma.

Por enquanto, a área de cobertura do James Delivery na capital paulista abrange Vila Olímpia, Itaim Bibi e Vila Nova Conceição, bairros nobres da cidade. “A gente entrou por um bairro que é super exigente e fez isso de propósito, para entrar realmente onde o cliente é mais exigente e onde o nível de serviço tem que ser melhor”, justifica Ceschin.

“O início das operações do James Delivery em São Paulo é mais um passo na estratégia omnicanal do GPA, que tem como principal objetivo oferecer aos nossos clientes soluções cada vez mais personalizadas e diversas para realizar suas compras”, disse Antonio Salvador, diretor de Transformação Digital e E-commerce do GPA.

Área de atuação do James Delivery em São Paulo / Reprodução

Expansão

Além de expandir o serviço para toda capital paulista até o fim deste ano, o James Delivery ainda vai operar em mais 10 cidades. Lucas Ceschin disse ao portal Consumidor Moderno que o Rio de Janeiro está na lista de locais que vão receber o serviço. A segunda fase da expansão começa no segundo semestre de 2019.

Antes de chegar a São Paulo, o James Delivery operava apenas em Curitiba e Balneário Camburiú.

Transformação digital

A compra do James Delivery, em conjunto com outros investimento, faz parte do movimento do GPA em direção à transformação digital.  A Pão de Açúcar Adega é um dos exemplos, a plataforma para venda de bebidas alcoólicas permitiu que o grupo dobrasse as vendas online da categoria de vinhos nos primeiros meses de 2019.

O GPA também é um player importante no e-commerce alimentar. As vendas no segmento tiveram crescimento de dois dígitos, impulsionadas pela ampliação dos modelos de entrega “Express” e “Clique & Retire”, já presentes em 76 lojas Pão de Açúcar e Extra.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS