Procon vai multar Empiricus por propaganda enganosa

Fundação Procon decidiu multar a empresa de investimentos por propaganda amplamente divulgada que pode conduzir consumidor ao erro. Entenda

Por: - 1 mês atrás

Foto: Reprodução Foto: Reprodução

O Procon informou nesta quarta, 3, que vai multar a empresa de investimentos financeiros Empiricus por propaganda enganosa. De acordo com o órgão, a empresa foi notificada no último dia 19 por conta de uma campanha amplamente repercutida nos canais de streaming da internet.

Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Você provavelmente vai se lembrar do vídeo em que Bettina Rudolph, funcionária da empresa, afirma que acumulou um patrimônio de mais de R$ 1 milhão após um investimento inicial de apenas R$ 1.520 três anos antes. O texto da campanha destaca que se o consumidor seguir a metodologia exata de seus investimentos, o lucro pode ser potencialmente semelhante ao dela.

Leia também:
Caso Bettina: multa da Empiricus não é o que parece ser

Em nota, o Procon explica que o anúncio pode levar o consumidor ao erro. “A afirmação da empresa de garantias de resultados de investimentos sob sua orientação, via movimentações financeiras no mercado variável de ações, demonstra-se enganosa e capaz de induzir o consumidor a erro” diz um trecho da nota.

A multa pode chegar até R$ 9 milhões e outras sanções podem ser tomadas em caso de reincidência, o que inclui a suspensão de atividade de forma temporária.

No último dia 25, o Procon emitiu uma representação criminal contra a Empiricus ao Departamento de Polícia e Proteção à Cidadania da Polícia Civil (DPPC). “No documento, foi pedida a instauração de um inquérito policial contra a referida empresa para apuração de fatos potencialmente lesivos ao direito do consumidor” destacou o órgão.