Consultoria lança serviço para ampliar diversidade nos cargos de liderança

O foco inicial são profissionais negros, com deficiência, LGBT’s e mulheres em áreas como engenharia, logística, tecnologia entre outras

Por: - 5 meses atrás

Shutterstock

Diversidade é um dos temas mais pensados pelo meio empresarial e tem ganhado força nos debates dentro das organizações. A partir disso, a consultoria Mais Diversidade lança, nesta segunda-feira (8), a plataforma “Diversidade na Liderança” com o objetivo de ampliar a questão em posições de cargos de liderança.

Em função disso, a empresa, fundada há três anos, anunciou novas contratações e aumento na oferta de serviços. Segundo a administração da consultoria, a nova frente de atuação vai ajudar as empresas a encontrarem candidatos com perfis diversos para posições de liderança, como coordenação, gerência, diretoria, vice-presidência, presidência e conselho, poucas vezes ocupados por mulheres, pessoas negras, LGBT’s ou com deficiência.

O “Diversidade na Liderança” atuará como uma curadoria de talentos diversos e será responsável pela identificação de profissionais capacitados para participar dos processos seletivos. As empresas contratantes receberão candidatos capacitados e representativos da diversidade existente na sociedade brasileira.

O foco inicial são profissionais negros, com deficiência, LGBTs e mulheres em áreas como engenharia, logística, tecnologia entre outras. Profissionais que façam parte desses grupos e tenham experiência em liderança, poderão cadastrar seus currículos no site da consultoria.

De acordo com Ricardo Sales, sócio da Mais Diversidade, o tema está relacionado a criatividade e inovação buscadas pelas empresas.

“Diversidade é um diferencial competitivo e que está relacionado a mais criatividade e inovação. No entanto, é comum que as empresas relatem dificuldades para encontrar profissionais com perfis diversos e que tenham características como excelente formação, inglês fluente e experiência em posições de liderança”, comenta.

Segundo o relatório Perfil Racial e de Gênero das 500 Maiores Empresas do Brasil elaborado pelo Instituto Ethos em parceria com o BID, mulheres representam 13,6% dos cargos executivos no país, já pessoas negras são apenas 4,7%.