Disney anuncia a criação de sua plataforma de streaming

A plataforma Disney+ deve contar com os clássicos da gigante do entretenimento, além de produções originais. Veja a previsão de lançamento

Por: - 2 semanas atrás

Após a Apple anunciar a criação de seu canal de streaming, outro grande player mundial acaba de entrar nessa disputa de gigantes. Em evento destinado a investidores na última quinta (11), a Disney anunciou a sua própria plataforma de streaming, o Disney +. O canal deve hospedar produções clássicas da empresa, além de outras companhias do grupo como Marvel, Pixar, National Geographic e Lucas Film.

Em primeira mão, a empresa também revelou a prévia da interface de destaque da plataforma. O design se assemelha aos modelos disponíveis no mercado, como Amazon Prime Video, Apple TV e Netflix.

Disney

LEIA MAIS: Cartão de crédito, streaming e serviço de notícias: conheça os novos produtos da Apple

Em um primeiro momento, o serviço deve começar a operar no mercado dos EUA e outras praças da Europa e Ásia. A previsão é que essas regiões recebam a plataforma entre setembro e outubro de 2019. Entretanto, a América Latina deve ter uma espera maior. Estima-se que a novidade chegue por aqui apenas em setembro/outubro de 2020.

Assim como os concorrentes, a plataforma da Disney também terá produções originais, de modo que seis títulos já foram antecipados. Um dos destaques é Falcon & Winter Solider, da Marvel, que foi divulgado no palco do evento. Outras produções originais anunciadas são Loki e What If.

A questão que se coloca é se a empresa deve começar a remover suas produções de outras plataformas de streaming, como a própria Netflix. Animações consagradas como Rei Leão, 101 Dálmatas, Alladin e Pequena Sereia estarão disponíveis assim que o canal iniciar suas operações.

Disney anuncia a criação de sua plataforma de streaming