Amazon prepara plataforma musical gratuita para concorrer com Spotify

Reportagem de revista americana destaca que empresa deve anunciar detalhes sobre sua nova plataforma de streaming em breve

Fotos do Shutterstock

Após lançar a plataforma Amazon Prime Video, a gigante americana mira outro segmento: o streaming musical. Um dia depois da revista “Billboard” repercutir que a novidade está a caminho, as ações da Spotify, empresa que lidera esse segmento, apresentaram queda de 4%.

A matéria da revista americana não deu maiores informações sobre o que a plataforma deve trazer, além da funcionalidade gratuita (com anúncios). A tendência é que a marca divulgue o novo serviço por meio do Echo, sua linha de smart speakers.

CONFIRA TAMBÉM: Amazon anuncia centro de distribuição no Brasil e expansão de categorias

Prime Music

Vale destacar que a Amazon já investe no segmento musical com a aplicação Prime Music, que integra um pacote maior chamado Amazon Prime – ele inclui streaming de série e filmes em vídeo. O custo anual do serviço é US$ 119.

Apenas uma parte pequena do catálogo musical está disponível na plataforma de maneira gratuita, de modo que para ter acesso completo aos conteúdos é necessário assinar um pacote que varia entre US$ 3,99 e US$ 9,99.

De acordo com dados divulgados em 2018, o serviço Amazon Music conta com mais de 10 milhões de usuários, contudo, ainda não possui uma versão em português, o que facilita a manutenção da hegemonia do Spotify no país. Até fevereiro de 2019, o Spotify contava com 116 milhões de usuários gratuitos com anúncios e 96 milhões de assinantes pagantes.

LEIA MAIS: Apple Music ultrapassa Spotify em assinantes pagos nos EUA. Veja os números

Amazon prepara plataforma musical gratuita para concorrer com Spotify

CONFIRA A EDIÇÃO ONLINE DA REVISTA CONSUMIR MODERNO

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS