Carrefour e Nestlé aderem à força-tarefa para recuperar economia de Brumadinho

Após destruição, Prefeitura e Governo Federal fecham parceria com empresas do setor privado para recuperar agricultura e turismo de Brumadinho

Por: - 2 meses atrás

Carrefour e Nestlé aderem à força-tarefa para recuperar economia de Brumadinho Crédito: André Penner

Um total de 230 mortos, 47 pessoas desaparecidas e mais de 11 milhões de metros cúbicos de rejeitos despejados em construções e plantações. Os números do rompimento da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho (MG), impressionam, mesmo após quase três meses da tragédia.

Confira a edição digital da revista Consumidor Moderno!

Com os impactos ambientais e na economia da cidade, o prefeito, Nenen da Asa, e o ministro da Cidadania, Osmar Terra, formaram uma força-tarefa para recuperação da região com participação de empresas do setor privado, como Carrefour e Nestlé.

Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, e os secretários de estado Germano Vieira (Meio Ambiente) e Elizabeth Jucá (Desenvolvimento Social), também participaram do encontro.

De acordo com a administração da cidade, cinco grupos de trabalhos serão criados para atuar nos setores de desenvolvimento econômico, educação, saúde e apoio financeiro de Brumadinho.

A ideia é que cada grupo, que terá a participação de empresários e representantes do poder público, possa apresentar um diagnóstico com as necessidades de cada área afetada. Segundo o prefeito, o trabalho vai ajudar a Prefeitura a definir prioridades para investimentos e buscar soluções rápidas para Brumadinho em setores como turismo, agricultura e produção industrial.

“Dentro de três semanas os ministros estarão de volta e vamos apresentar o resultado do trabalho de cada grupo de trabalho. O que vai nos ajudar e muito na construção de políticas públicas para cada área e definir os investimentos”, disse.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Parcerias

Sobre a parceria confirmada com a administração da cidade, o Carrefour reforça uma aliança entre empresas privadas com os produtores rurais.

“Com apoio da Secretaria de Agricultura, que viabilizará reunião com produtores rurais, vamos identificar potenciais parcerias comerciais. Os produtores rurais podem nos fornecer diferentes itens, como folhagens, hidropônicos, pimentas, tomatinhos, entre outros. Acreditamos, que esta parceria pode contribuir para que os produtores locais tenham oportunidades de comercializar suas produções e ser um dos pilares dessa reconstrução”, afirma.

A Nestlé, em nota, informou que entrou em contato com o governo local e aguarda propostas para iniciar ações de auxílio à população nas suas necessidades atuais.