Patagonia: a marca que pede para você consumir menos

Um dos símbolos máximos do chamado capitalismo consciente, a empresa californiana de Patagonia é apontada como uma das mais inovadoras do mundo.

Por: - 3 meses atrás

Um dos símbolos máximos do chamado capitalismo consciente, a empresa californiana de roupas esportivas Patagonia é apontada como uma das mais inovadoras do mundo. Ao contrário de muitas companhias, ela defende que as pessoas comprem pouco – e isso inclui seus próprios produtos. Em 2011, por exemplo, lançou durante a Black Friday a campanha “Don’t Buy This Jacket” para reduzir o consumo desnecessário. A marca também promove campanhas para ajudar os clientes a conservarem suas roupas e seus equipamentos por mais tempo e comprar roupas usadas. As peças são revendidas no portal wornwear, com desconto para impedir que entrem no fluxo de resíduos. Confira, a seguir, a entrevista com J.J. Huggins, porta-voz e responsável pela área de PR da Patagonia:

QUAL É A FÓRMULA DO SUCESSO DA PATAGONIA?
Ter uma declaração de missão muito bem clara e definida: construir o melhor produto, não causar danos desnecessários e usar o nosso negócio para inspirar e implementar soluções para a crise ambiental.

O QUE MAIS CONTRIBUI PARA A IDENTIFICAÇÃO DAS PESSOAS COM A COMPANHIA?
A Patagonia cresceu a partir de uma pequena empresa que fazia ferramentas para escaladores. O alpinismo permanece no coração dos nossos negócios mundiais por meio de roupas para escalada, assim como esqui, snowboard, surf, pesca, remo e corrida em trilha. São todos esportes silenciosos. Nenhum requer um motor. Nenhum rouba aplausos da multidão. Em cada esporte, a recompensa vem da graça e dos momentos duradouros de conexão entre nós e a natureza.

TRATA-SE, PORTANTO, DE UM REFLEXO DE VALORES GENUÍNOS?
Sim. Nossos valores refletem os de um negócio iniciado por um grupo de escaladores e surfistas com seus estilos minimalistas de ser. A abordagem que adotamos para o design de produtos demonstra uma tendência à simplicidade e utilidade. Para nós, da Patagonia, o amor por lugares selvagens e belos exige participação na luta para salvá-los e para ajudar a reverter o declínio ambiental de nosso planeta. Doamos nosso tempo, serviços e pelo menos 1% de nossas vendas a centenas de grupos ambientalistas de todo o mundo que trabalham para ajudar a reverter essa maré. Sabemos que nossa atividade comercial – de lojas de iluminação a camisas de tingimento – cria poluição como subproduto. Então, trabalhamos constantemente para reduzi-lo. Usamos poliéster reciclado em muitas de nossas roupas e algodão orgânico para evitar o uso de pesticidas. Permanecer fiel aos nossos valores essenciais durante mais de 40 anos nos ajudou a criar uma empresa para a qual temos orgulho de trabalhar.

Leia mais:
Quais as tendências nas relações de consumo para 2019?
5 das 10 empresas mais inovadoras da América Latina são brasileiras
“As nossas opções de consumo ainda são egoístas”, diz especialista em tendências

COMO TORNAR UM CLIENTE FIEL?
A garantia é a melhor forma de fidelizarmos os nossos. Garantimos tudo o que fazemos. Se um cliente não estiver satisfeito com um de nossos produtos, ele poderá devolvê-lo para reparo, substituição ou reembolso. Isso permite que nossa equipe faça o que é certo para o cliente, gerando novos negócios.

A BATALHA CONTRA O PRESIDENTE DONALD TRUMP CONTINUA?
As ações ilegais do Presidente Trump para reduzir as áreas de preservação ambiental Bears Ears National Monument e Grand Staircase Escalante National Monument nos chamou para a responsabilidade compartilhada de proteger lugares icônicos para as gerações futuras. Trata-se da maior eliminação de terras protegidas na história americana. Apresentamos uma ação desafiando a revogação dessa medida e seguiremos lutando para proteger esses lugares. Essa luta começou quando fomos fundados e vai continuar nos tribunais.

CONFIRA A EDIÇÃO ONLINE DA REVISTA CONSUMIR MODERNO