53% dos brasileiros acredita que propósito de vida está ligado ao trabalho

Segundo levantamento feito pelo Núcleo de Estudos Sodexo, metade dos entrevistados afirma que exerce suas atividades no trabalho em prol de algo maior

Por: - 7 meses atrás

Propósito Crédito: Shutterstock

Trabalhar em prol de um propósito maior foi a resposta dada por 53% dos brasileiros entrevistados por um levantamento da Sodexo. O Núcleo de Estudos da empresa realizou um estudo com mais de mil pessoas em todo o país e mais da metade delas respondeu que seu propósito de vida está ligado ao trabalho atual.

Millennials: Quais os benefícios mais valorizados na procura por emprego?

A pesquisa, realizada entre março e abril deste ano, ainda apontou que 83,4% considera que a atividade profissional que exerce contribui para melhorar a qualidade de vida de outras pessoas.

Fernando Cosenza, vice-presidente de marketing estratégico, inovação e digital da Sodexo, afirma que quando o propósito converge com o trabalho, os resultados tendem a ser mais positivos para a relação empresa e colaborador.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

“95% das pessoas que entrevistamos afirmam que possuem um propósito de vida, e metade dos entrevistados acham que trabalham com esse propósito. Os entrevistados também afirmaram que realizar um trabalho com propósito está entre os três principais fatores para que se sintam felizes no trabalho”, explica.

Realização

De acordo com o executivo, esse cenário reforça a importância de encontrar uma atividade que satisfaça o indivíduo por completo e contribua para o desenvolvimento do mundo ao seu redor, indo além de simplesmente exercer uma função profissional.

Entre as pessoas que estão felizes com o emprego atual, 64% afirmaram que realizar uma atividade que colabore com a sociedade aparece como um dos pontos mais importantes para atingir a sua realização profissional.

Aprender com colegas e trabalhar com algo que gosta de fazer foram outros pontos levantados pela enquete, com 37% e 72% da opinião dos entrevistados, respectivamente.  Além disso, a preocupação com a saúde física e mental, com 16%, e o autoconhecimento para evoluir no trabalho, com 36% das respostas, foram outros aspectos tidos como importantes pelos colaboradores participantes do estudo.

VEJA TAMBÉM: O que podemos esperar do profissional do futuro?