Entrega grátis em um dia será regra na Amazon

A empresa assumirá os custos da operação para conquistar mais consumidores. Movimento é possível graças ao braço de computação em nuvem da Amazon; entenda

A Amazon está fazendo com que a entrega em um dia e de graça seja o mínimo para os membros de seu programa de fidelidade, os prime members. Para fazer isso, a empresa investirá alto e vai precisar absorver os custos dessa operação. O anúncio foi feito pelo CFO (Chief Financial Officer) da empresa durante uma videoconferência para divulgar os resultados dos primeiros três meses de 2019.

“Estamos trabalhando na evolução de nosso programa de envio gratuito em dois dias para ser um programa gratuito de envio em um dia”, disse o Brian Olsavsky, CFO da Amazon. No ano passado, a Amazon informou que tem mais de 100 milhões de membros Prime em todo o mundo.

Investimento alto

Para realizar a mudança, a Amazon vai desembolsar US$ 800 milhões no segundo trimestre. Olsavsky já avisou aos investidores: a margem de lucro da empresa será reduzida e o faturamento deve ser menor que o registrado entre janeiro e março, quando a companhia teve receita de US$ 59,7 bilhões.

Ou seja, no primeiro momento, a Amazon vai assumir os custos de uma operação mais eficiente. Isso é possível graças ao braço de computação em nuvem da empresa, que continua sendo o principal negócio em lucro líquido da companhia. A receita da Amazon Web Services (AWS) aumentou quase 42% no último trimestre em relação ao mesmo período de 2018 e chegou a US$ 2,2 bilhões.

O investimento de US$ 800 milhões deve se concentrar em armazéns da empresa em todos os países que oferecem o programa Prime, o que exclui o Brasil da lista. Olsavsky disse que a mudança acontecerá primeiro no mercado norte-americano, mas não apresentou um cronograma.

Ajuste da operação

A mudança de dois para um dia no tempo de entrega para os prime members implicarão em um aumento do número de produtos e endereços elegíveis para a operação, explicou Olsavsky. Atualmente, são mais de 100 milhões de itens disponíveis para envio gratuito em dois dias, afirma a Amazon.

O CFO da Amazon disse que a empresa vai usar “todas as ferramentas disponíveis” para fazer acontecer o frete gratuito de um dia. Isso inclui, segundo ele, parceiros como o serviço postal dos Estados Unidos e a UPS, uma das maiores empresas de logística do mundo, além, claro, da rede de distribuição terceirizada da própria Amazon.

Pressão na concorrência 

O movimento da Amazon gera expectativa de resposta de seus principais concorrentes, Walmart e Target. Um dia após o anúncio da Amazon, as ações da Target despencaram 6%, enquanto os papeis do Walmart apresentaram queda de 2,5%.

Estima-se que a Amazon alcance 50% da população dos Estados Unidos. O impacto da diminuição no tempo de entrega deve ser grande, já que muitos consumidores podem se acostumar a receber produtos comprados online em menos de 24 horas. Walmart e Target terão de se certificar que usarão sua capilaridade para competir com a eficiência da Amazon.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS