Sompo lança documentário sobre importância da preservação da água

Produção em vídeo mostra realidade dos rios brasileiros e os problemas causados pela falta de preservação e degradação do homem

Por: - 6 dias atrás

Crédito: Divulgação

A Sompo Seguros, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, lançou o minidocumentário “Observando Rios” com o objetivo reforçar a importância da preservação da água. A iniciativa faz parte da estratégia da marca de mostrar o compromisso com as pessoas e o meio ambiente.

Além do documentário, a empresa apresenta nas redes sociais histórias de pessoas anônimas com pequenas ações que têm alcançado resultados em prol da natureza e com dicas de preservação e sustentabilidade.

“Temos como missão gerar bem-estar para a sociedade. E nesse contexto a Sompo busca ocupar seu espaço no âmbito da responsabilidade social ao aderir a uma iniciativa que visa preservar a água, que é um bem essencial para a vida do planeta”, conclui.

LEIA MAIS: Veja a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Celso Ricardo Mendes, diretor operacional da Sompo Seguros, afirma o compromisso da empresa com o meio ambiente.

“Sompo é uma empresa que cuida de pessoas e que entende a sua responsabilidade em desenvolver ações que contribuam com o nosso planeta, como o cuidado com os recursos hídricos. Temos aproximadamente 70% do planeta composto por água, mas somente 2% dessa água é doce e menos de 0,3% está disponível para consumo, em rios e lagos. Com a poluição, essa quantia fica cada vez menor. Ou seja, cuidar desse recurso é um compromisso urgente para todos nós”, conta.

Produção

O documentário, em criação da agência REF+ e com produção da Black Door Filmes, mostra a realidade dos rios brasileiros e os problemas causados pela falta de preservação. Para Ricardo Calfat, sócio e COO da agência, o projeto foi filmado em três locações diferentes, na represa de Guarapiranga, em Pirapora do Bom Jesus e Bonito.

A produção contou com mais de 50 profissionais e traz uma mensagem importante, segundo o responsável. “Nós genuinamente acreditamos que é preciso alertar as pessoas sobre a poluição das águas, os danos potenciais e a necessidade de preservação e atenção para com o meio ambiente”, finaliza.

CONFIRA TAMBÉM: Corona lança portal para incentivar consumidor a reduzir uso de plástico