Starbucks em GoT: jogada de marketing ou erro de gravação?

Coincidência ou não, rede de cafeterias acada de anunciar lançamento de sua mais nova bebida: a Dragonfruit

Por: - 2 meses atrás

GoT

*Contém spoilers

Quem é fã de Game of Thrones talvez não faça ideia dos números que estão por trás da série. Mas quando o assunto são erros de gravação ou os chamados deslizes da produção, é difícil que algo passe incólume. Exemplo disso foi a cena em que os sobreviventes de Westeros estão comemorando após a batalha sangrenta que dizimou os White Walkers.

Em meio a um cenário medieval, com dragões, castelos e lobos um copo da rede Starbucks chamou a atenção. No Twitter, o público não mediu esforços em divulgar a gafe da emissora que, inteligentemente, respondeu: “O café com leite que apareceu no episódio foi um erro. Daenerys pediu um chá de ervas”, afirmou a HBO, se referindo à personagem Emilia Clarke. A Starbucks também entrou na brincadeira e tuitou em referência a uma das bebidas vendidas na franquia: “Sinceramente, ficamos surpresos por ela não ter pedido uma Bebida de Dragão”. Coincidência ou não a Bebida do Dragão – mais novo drink da rede – foi anunciado oficialmente nesta terça-feira (7), apenas dois dias depois da exibição do episódio de GoT. “Dragonfruit e leite de coco. Apresentando a combinação do paraíso”, escreveu a Starbucks.

E falando dos números de Game of Thrones, não há como não pensar: será que tudo não passou de uma jogada de marketing? A série sem anúncios, costuma abocanhar milhões com licenciamento de produtos. Estima-se que a HBO tenha investido mais de 650 milhões de dólares nas oito temporadas da produção, inspiradas nos livros de George R.R Martin.

LEIA MAIS: Curiosidades e números por trás de “Game of Thrones”

E falando nele, em 2016 a Forbes o apontou como um dos autores mais bem pagos do planeta, com 15 milhões de dólares. Já os cinco volumes iniciais da obra, publicados pela primeira vez em 1996, arrecadaram mais de 70 milhões.

Já a Starbucks também coleciona números milionários. Com valor de mercado estimado em 90 bilhões, a empresa lucra aproximadamente 250 milhões de reais no Brasil e emprega mais de 1400 pessoas. Além disso, a rede de cafés high tech investiu 100 milhões de dólares no fundo Valor Siren Ventures – que  já apostou em empresas inovadoras como a gigante espacial SpaceX e o app de patinetes elétricos Bird.

HBO na mira dos fãs

Assim como aconteceu na estreia da temporada, os internautas que vêm tentando assistir aos episódios da série pela plataforma de streaming HBO Go no Brasil têm enfrentado problemas. No dia de transmissão do terceiro episódio, a emissora liderou o ranking de reclamações do site “Reclame Aqui”. De acordo com a página, a HBO teve 63% a mais de clientes insatisfeitos neste dia do que no mês de abril inteiro: foram 698 reclamações. Os acessos à plataforma praticamente triplicaram e chegaram a 18,3 mil no dia 28 de abril.

LEIA TAMBÉM: Nestlé vai comercializar cápsulas de café com a marca Starbucks

GoT

LEIA MAIS: CONFIRA A EDIÇÃO ONLINE DA REVISTA CONSUMIDOR MODERNO