Comércio eletrônico deve faturar R$ 3,3 bilhões no Dia das Mães, diz ABComm

Expectativa é que o número de pedidos em e-commerces seja de 9,81 milhões, representando crescimento de 16% na comparação com 2018

O comércio eletrônico espera faturar R$ 3,3 bilhões no Dia das Mães. A expectativa é da ABComm, associação que representa o setor. De acordo com a entidade, esse montante é 16% superior ao movimentado na mesma data do ano passado. A previsão considera as vendas realizadas no período de 15 de abril até 11 de maio. Segundo o estudo, o número de pedidos realizados pela internet será de 9,81 milhões, com o tíquete médio de R$ 345.

As categorias mais procuradas para a data são as de moda, cosméticos, eletrodomésticos, flores, além de artigos de casa e decoração, indicando os setores que possuem maior possibilidade de aumentar o faturamento. Ainda segundo a ABComm, esse aumento se deve ao reaquecimento da economia, queda no câmbio e a retomada da confiança do consumidor.

De acordo com Mauricio Salvador, presidente da ABComm, seguindo as demais datas sazonais, que vem apresentando resultados positivos no ano, o Dia das Mães deve também seguir no mesmo caminho. “Sendo uma data de tradicional relevância, as lojas vão preparar ações, ofertas e condições melhores para os consumidores”, afirma.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Quanto custa abrir uma franquia de varejo no Brasil?

Home office é tendência de trabalho para 2020: veja 5 dicas

“Parasita”: Pessoas, baratas, parasitas e a diluição da identidade

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

Quais são as tendências para 2020. Veja a lista

VEJA MAIS