Confira 7 “casas do futuro” projetadas no início do século 20

Lista feita pelo site Angie’s List traz o que revistas e autores de ficção científica projetavam sobre como seriam as residências depois dos anos 2000. Confira

Por: - 4 meses atrás

Lançado em 1962, o desenho Os Jetsons projetava uma família que vive no ano de 2062. Robôs que substituíam humanos em tarefas domésticas e carros voadores eram elementos presentes na animação futurista.

O exercício de fazer projeções sobre o futuro é um hábito antigo e para mostrar como as pessoas pensavam as moradias no futuro no início do século XX, o site de serviços Angie’s List fez um projeto que remonta o que autores e publicações de ficção científica imaginavam a respeito das casas no futuro. Confira:

Rolling House (1930)

Casas do futuro

A edição de setembro de 1934 da revista Everyday Science and Mechanics assegurou aos leitores que as casas esféricas logo se tornariam moda. Com formato semelhante a bolas de golfe gigantes, o modelo pretendia tornar a construção e entrega de novas casas mais simples.

Casa em movimento (1900)

Casas do futuro

A ideia de casas móveis já apareceu em 1900, em uma coleção de cartões de cigarro elaborada na virada do século XIX, onde o autor Jean-Marc Côté projetou como seria a vida nos anos 2000. Ligado a um volante, o imóvel apresenta um jardim na cobertura que pode compensar, por exemplo, a emissão de carbono do veículo-casa.

Casa espacial (1950)

Casas do futuro

Outra revista que projetou casas completamente fora de suas estruturas convencionais foi a Science Fiction Adventures, em dezembro de 1953. A publicação sugeriu uma bola de vidro para envolver a residência em desenhos assinados pelo artista Alex Schomburg.

Casa de vidro (década de 1920)

Casas do futuro

Esqueça todos os materiais tradicionais utilizados para a construção de uma casa, como tijolos, cimento, areia e pedras. O modelo Vitaglass foi projetado para permitir a entrada de mais luminosidade e chegou a ser testada como residência de macacos em um zoológico, contudo, sua ambição comercial acabou não indo pra frente.

Casa subaquática (1960)

Casas do futuro

Em 1964, a General Motors criou o Pavilhão Futurama II com intuito de impressionar os visitantes da Feira Mundial de Nova York. No filme promocional da época, o fundo dos oceanos contavam como submarinos despojados e estruturas futuristas para sustentar as residências.

Casa leve (1940)

Casas do futuro

Com exceção de quem não optou por viver em um trailler, a ideia de que sua casa seja móvel não se concretizou. Nossas casas atualmente são perigosamente pesadas e já eram tema de preocupação para os autores de “This Unfinished World”, que ofereceram uma visão de usar estruturas em aerogel superleves para criar edifícios resistentes.

Casa Domo (1950)

Casas do futuro

A revista Mechanix Illustrated afirmou em uma reportagem do ano de 1957 que “pesquisas atuais em energia solar e arquitetura indicam que até 1989 você pode estar morando em uma casa com um exterior feito inteiramente de vidro duro como aço”. A estrutura giratória permitiria que os proprietários utilizassem a energia solar de forma eficiente.

LEIA MAIS: CONFIRA A EDIÇÃO ONLINE DA REVISTA CONSUMIDOR MODERNO