O novo passo a passo do crescimento em uma era de mudança

As empresas estão à procura de novas ideias e estratégias que garantam maiores lucros e rentabilidade. Painel no VivaTech trouxe uma receita valiosa

Por: - 4 meses atrás

VivaTech

A busca pelo crescimento agora obedece a novas regras. O jogo mudou e o campo de ação é o domínio das possibilidades e oportunidades da digitalização. Esse novo cenário anula competências e ignora o que foi bem-sucedido até ontem. Jesko Perrey, Sênior Partner da McKinsey, mostrou no VivaTech os resultados de um estudo com mais de 2.000 empresas ao redor do mundo, repleta de pesquisas com centenas de líderes, CEOs e Chief Experience Officers. Em sua apresentação, ele revelou dados, mostrou muitos exemplos e compartilhou insights que ilustram o caminho para que as empresas pavimentem seu crescimento nesse novo momento.

“Como é possível ser um líder do crescimento?”, questiona o sócio da McKinsey. Sua premissa é que existem mecanismos capazes de elevar o crescimento de uma empresa e que essa tarefa é vista como um desafio portentoso para os executivos de marketing. Segundo os CEOs, 77% dos profissionais de marketing não entregam o crescimento esperado ou projetado. O estudo da McKinsey mostra claramente que o crescimento responde por 50% da capacidade de sobrevivência de uma empresa e todo o board precisa estar comprometido com esse desafio. Mas é evidente que a realidade é mais dura e traz diversos obstáculos para que as empresas atinjam o crescimento significativo. Outro dado do estudo revela que apenas. 8% dos executivos têm performance além da expectativa, e apenas 30% das companhias conseguem crescer de forma consistente ao longo dos anos.

VivaTech

Jesko também mostrou que o crescimento das companhias acontece de maneira desigual no mundo. É fato que as empresas americanas registram maior crescimento, enquanto que as europeias e latinas apresentam taxas mais modestas. É importante observar a aceleração das empresas situadas no Sudeste asiático, que trazem intensas pressões competitivas.

Segundo Jesko, existem 4 lições que devem ser aprendidas pelos executivos de marketing para trazer crescimento:

Os grandes líderes na conquista do crescimento são reconhecidos pela coragem de investir, de performance e de criar novas fontes de receita e novos funis de venda. Focar na performance e no retorno dos investimentos conduz a rotas de crescimento mais consistentes.

A importância da inovação, no entanto é relativizada. Nem sempre ela é capaz de trazer dinheiro novo. Focar na performance e no investimento traz retornos mais significativos e pavimenta o caminho para inovar com maior assertividade.

Jesko ressalta que a inovação depende de sistemas e deve ser orientada primeiramente ao desenvolvimento de capacidades e habilidades, testar e aprender, automação e não ir direto para técnicas avançadas como métodos ágeis e design thinking. Sem a maturidade para lidar com as energias inovadoras, elas certamente não trarão o resultado esperado.

Vivatech

Por isso, o consultor afirma enfaticamente que nada é mais importante do que desenvolver uma mentalidade orientada ao crescimento acima de tudo. Empresas capazes de crescer continuamente são obcecas por crescer e são agressivas na busca por novas formas de geração de receita, produtos, técnicas, funis de venda, aquisições, foco no cliente, captura de novos clientes, e vontade de crescer ao longo do tempo e não apenas de um trimestre para outro. Por isso, empoderar as outras lideranças para perseguir objetivos de crescimento é um dos grandes motores do crescimento, permite que o time se sinta confiante na perseguição de objetivos, de trabalhar em metas que se traduzam em resultados qualificados, concluiu.

VivaTech

LEIA MAIS: CONFIRA A EDIÇÃO ONLINE DA REVISTA CONSUMIDOR MODERNO