Nestlé investe R$400 milhões em inovação para produtos mais saudáveis

Modificações da empresa buscam atender novos perfis e oferecer soluções que levem saúde, nutrição e bem-estar para o consumidor

Por: - 6 meses atrás

Nestlé

Nestlé iniciou uma jornada de investimentos para renovações de produtos mais saudáveis de seu portfólio. No Brasil, nos últimos cinco anos, a empresa investiu mais de R$ 400 milhões em pesquisas e lançamentos. Em 2018, vinte projetos foram aplicados e, em 2019, a previsão é de que 25 sejam colocados em prática.

Em 2018, os produtos Nestlé entregaram à população brasileira mais de 6 mil toneladas de vegetais e mais de 12 mil toneladas de cereais e grãos. Além disso, a companhia intensificou a jornada de redução de ingredientes como açúcar, sódio e gorduras.

Desde 2014, foram reduzidas mais de 14 mil toneladas de açúcares, mais de 5 mil toneladas de gorduras saturadas e mais de 300 toneladas de sódio, segundo o vice-presidente de Marketing e Comunicação da Nestlé, Frank Pflaumer.

“A Nestlé busca sempre entender e se antecipar às mudanças e evoluções que impactam o comportamento e o estilo de vida das pessoas”, destaca.

JÁ VIU? As 22 empresas mais humanizadas do Brasil

Conceito

Baseado no conceito do clear label, traduzido como “rótulo limpo”, a troca envolve o uso de ingredientes conhecidos do consumidor, com indicações claras e objetivas sobre insumos utilizados e a validade na rotulagem, por exemplo.

De acordo com a diretora de pesquisa de alimentação de mercado da Tate & Lyle, Beth Nieman Hacker, a escolha por produtos naturais está se tornando cada vez mais popular.

“Os consumidores brasileiros estão cada vez mais procurando produtos que contenham ingredientes mais simples e mais reconhecíveis, incluindo opções menos processadas, ou provenientes da natureza. Produtos que apoiam a vida saudável estão em alta demanda, incluindo opções com menos açúcar e menos calorias, ou com nutrientes adicionais, como fibras, que podem proporcionar uma série de benefícios para a saúde”, afirma Beth.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno!