A escola onde alunos ‘pagam’ mensalidade com plástico em ação de defesa do meio ambiente

Toda semana, estudantes trazem para a escola pelo menos 25 itens descartáveis de plástico para evitar sua queima e aquecimentos dos Himalaias

Por: - 2 meses atrás

plástico

Uma escola na Índia encontrou uma maneira diferente de ajudar o meio ambiente. Os alunos da Akshar Foundation School pagam suas mensalidades com plástico. Ao invés de encaminhar as embalagens dos produtos para o lixo, os estudantes levam os recipientes e outros itens feitos do material para o colégio, evitando a queima e descarte irregular. Toda semana, eles trazem pelo menos 25 itens de plástico descartável à instituição.

A fundação diz que as mensalidades pagas com plástico ajudam a estimular um senso comunitário entre alunos, pais e escola. E também a conscientizar sobre o perigo da queima de plásticos.

“Decidimos coletar plástico de nossos alunos porque tínhamos um problema. Ouvimos relatos deles de que queimavam plástico quase todos os dias nos meses de inverno. Os estudantes faziam isso para se aquecer. Então, tornamos a coleta obrigatória”, diz Parmita Sharma, cofundadora da Akshar Forum em entrevista à BBC.

Os alunos também criam tijolos ecológicos a partir de garrafas plásticas. “Eles estão ficando mais conscientes – agora sabem que o plástico é ruim para a saúde; queimar plástico é ruim. Eles estão conversando com seus pais sobre os efeitos nocivos, conscientizando-os”, acrescenta Parmita.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Gestão sustentável

Além disso, muitas dessas crianças haviam deixado a escola, mas encontraram na instituição uma maneira de ajudar no orçamento de casa enquanto aprendem. A escola paga as crianças mais velhas por hora para ensinar as mais novas. À medida que avançam academicamente, seu salário aumenta.

“Esperamos que eles obtenham habilidades suficientes para que possam se tornar independentes”, diz Parmita.

A escola começou com 20 alunos. Hoje, são mais de 100 estudantes aprendendo em cabanas de bambu totalmente sustentáveis. A Índia é o segundo país mais populoso do mundo depois da China, mas sofre com a extrema pobreza. Um em cada cinco indianos vive abaixo da linha da pobreza (menos de US$ 1,25 por dia ou R$ 5).

JÁ VIU? Seda vegana de casca de laranja? Conheça a iniciativa de reaproveitamento