Volvo e Uber trabalham em produção de veículos prontos para direção autônoma

Empresas firmaram parceria em 2016 com o objetivo de desenvolver aplicações de direção autônoma em veículos da montadora sueca. Entenda

Por: - 1 mês atrás

Volvo

Enquanto a indústria automobilística tenta compreender qual será o seu papel na vida de um consumidor cada vez menos adepto do conceito de grandes posses, a Volvo Cars e a Uber anunciaram a produção conjunta de automóveis 100% autônomos, que marcam a colaboração estratégica entre as duas companhias daqui pra frente. Elas firmaram acordo de parceria de engenharia em 2016 e, de lá pra cá, têm desenvolvido protótipos com o objetivo de inovar no segmento de carros 100% autônomos.

LEIA TAMBÉM: Bosch trabalha em tecnologia para táxis voadores

A novidade recém apresentada foi o Volvo CX90, primeiro modelo de produção ao usar sistema autônomo da Uber, que é capaz de dirigir sozinho. O modelo SUV é equipado com os principais recursos da Volvo Cars e permite que a tecnologia de sistemas da Uber seja facilmente incorporada na frota de outros modelos da empresa, operando como um serviço autônomo de compartilhamento de viagens.

Outro ponto a se destacar na parcerias é que há uma série de sensores no topo e embutidos na estrutura do veículo, projetados em alinhamento para que o sistema de direção autônoma da Uber possa atuar com segurança em ambientes urbanos.

O lançamento do modelo faz parte do acordo comercial entre os dois players, firmado em 2016, que selou o objetivo de desenvolver carros autônomos prontos para dirigir nos próximos anos.

A montadora planeja ainda utilizar um conceito semelhante de veículos independentes sem a necessidade de motoristas. As tecnologias que devem ser introduzidas na próxima geração de modelos Volvo baseadas na arquitetura modular SPA2 devem incluir funcionalidades projetadas para permitir o direcionamento autônomo sem supervisão em áreas designadas, como rodovias e estradas.

Volvo