“Mercado de crédito é baseado no negativo”, diz executivo do QUOD

Marcio Pereira Araújo, do QDOP, falou para convidados durante o Seminário Customer Experience Insights, em São Paulo. Confira

Por: - 3 semanas atrás

“O mercado de crédito no Brasil é baseado no negativo. Ou o consumidor é adimplente ou é inadimplente. Não existe meio termo. Se ele escorregou em um mês, é negativado e colocado na mesma régua daquele que nunca pagou suas contas em dia. Pior: quando consegue crédito, é com juros altíssimos”. Foi essa a principal crítica de Marcio Pereira Araújo, Head de Processos & Melhoria Contínua do QUOD, durante o Seminário Customer Experience Insights.

No evento, promovido pelo Grupo Padrão no Hotel Hilton, em São Paulo, ele defendeu a importância de distinguir os bons dos maus pagadores e explicou a missão do QUOD, que surgiu para impulsionar o Cadastro Positivo no Brasil. Criada em 2017 a partir da união dos cinco maiores bancos do País (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú-Unibanco e Santander), o Cadastro Positivo promete uma visão mais completa e dinâmica no acompanhamento do comportamento financeiro das pessoas a fim de valorizar bons pagadores.

“Antes, para estruturar fornecimento de crédito, uma empresa contava com informações de 10% da população. Agora, é oposto. Todo mundo está dentro e, quem não quiser fazer parte, tem que pedir para sair”, explicou Araújo. Confira, a seguir, o alcance do QUOD: