Spotify abre casa musical para mulheres em São Paulo

Artistas terão a oportunidade de criar, produzir e gravar músicas, além de participar de workshops, eventos, rodas de conversa e shows

Por: - 5 meses atrás

mulheres

O Spotify inaugurou a Casa de Música Escuta as Minas na zona oeste de São Paulo – uma casa de musica feita por mulheres e para mulheres. Inicialmente, a empresa selecionou 12 artistas com carreiras em ascensão e músicas originais para entrar na casa.

Segundo a organização, as mulheres terão a oportunidade de criar, produzir e gravar músicas no local, que conta com sala de mixagem, estúdio, espaço para workshops, eventos e audições.

Além delas, em setembro o Spotify abrirá inscrições para outras 12 artistas entrarem na casa, que funcionará por seis meses em São Paulo. Monique Dardenne, Camila Garógalo, Bia Rizzini, Letícia Tomás, Flavia Biggs e a equipe do Spotify serão responsáveis pela seleção das inscritas.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Além de toda a estrutura disponível para gravar singles ao lado de profissionais como Lahn Lahn, Mahmundi, Florência Akamine, Bia Paiva, Lilla Stip e Allyne Cassini, essas mulheres também terão a oportunidade de participar de workshops, eventos, shows e rodas de debate com artistas como Negra Li, Priscilla Alcântara, MC Pocahontas e Maiara & Maraísa.

Projeto de empoderamento

A inauguração da casa faz parte do projeto do Spotify que começou em outubro de 2018 com o lançamento da campanha “Escuta as minas” – plataforma com um clipe e diversos vídeos com depoimentos de 11 artistas brasileiras, como Elza Soares, Mart’nália, Karol Conká, Maiara & Maraisa, MULAMBA, As Bahias e a Cozinha Mineira, Tiê e Lan Lahn.