Três práticas de empresas em busca de inovação, segundo o Google

Google elaborou relatório com destaque para três práticas de empresas inovadoras que podem inspirar marcas a repensar seus processos de criação e solução

Crédito: Shutterstock

Como a tecnologia está transformando a sociedade e impactando as relações humanas e entre as marcas?

Nesse sentido, o Google elaborou um relatório com destaque para três práticas de empresas inovadoras que podem inspirar as marcas a repensar seus processos de criação e solução de desafios de negócios, além de ajudar a entrar no ritmo da evolução do nosso mercado.

Criação Multidisciplinar

De acordo com a empresa, trabalhar com um time multidisciplinar que reúna participantes com diferentes pontos de vista e perfis profissionais pode ser a chave para um processo de criação muito mais rico e eficiente.

Já pensou em envolver desenvolvedores de tecnologia, cientistas de dados ou pesquisadores de um tema específico na hora de criar soluções para o seu negócio?

A empresa Killer Infographics colocou em prática ações com designers, roteiristas de cinema e pesquisadores de neurociência com a missão de encontrar a melhor fórmula para contar histórias visuais.

Além de analisar a importância da informação visual para absorção de conteúdo durante o estudo, a empresa conseguiu mapear as reações que cinco elementos narrativos provocam no cérebro e, a partir daí, criou o modelo de arco narrativo visual.

Criação Colaborativa

A inspiração para resolver um desafio de negócio ou de comunicação pode vir de qualquer lugar. Escutar ou até mesmo pedir ajuda para uma audiência engajada pode trazer novas ideias ou soluções que ainda não haviam sido consideradas.

Um dos cases apresentados pelo estudo do Google é a Lego. Ao buscar ideias para novos produtos, eles perceberam que seus fãs poderiam ajudar. Para aproveitar esse potencial, criaram a plataforma Lego Ideas, que convida consumidores do mundo inteiro a enviar e avaliar sugestões para novos sets.

Os mais votados são produzidos e os autores recompensados.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Sair da bolha

Olhar para fora pode ajudar a ampliar o seu leque de referências e trazer inspiração. Como outras indústrias estão resolvendo questões semelhantes à que enfrentamos?

Outro case trazido pela Google é a plataforma Artsy, voltada para compra e venda de obras de arte, sistema que ainda segue o modelo tradicional. Além de trabalhar para colocar diversas galerias no mercado online, a Artsy desenvolveu uma tecnologia capaz de prever artistas em ascensão.

A partir da análise de dados públicos, como exibições em galerias, resultados de leilões, exposições em museus e propriedade de colecionadores particulares, é feita uma avaliação da relevância cultural de um artista e o seu potencial de valor futuro.

Essa avaliação é cruzada com dados de preferências artísticas dos compradores da plataforma, unindo novos artistas e galerias a potenciais clientes.

JÁ VIU? Qual o futuro da Apple?

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS
Publicidade sidebar

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS