5 Mega tendências do mercado de luxo, que deve crescer 6% em 2019

Consultoria Bain & Company mostra que a China puxa crescimento do mercado de luxo global. Geração Z chinesa é o segmento a ser observado, segundo a empresa

Por: - 2 meses atrás

mercado de luxo Crédito: Pexels

O mercado global de bens pessoais de luxo continua crescendo, seguindo anos de forte desempenho em 2017 e 2018. Em 2018, o setor teve 6% de crescimento, movimentando €260 bilhões em vendas, que devem se elevar para €271 a €276 bilhões em 2019, registrando um crescimento esperado de 4% a 6%. Os números são de um relatório divulgado pela consultoria Bain & Company.

O movimento é impulsionado principalmente pela aceleração do gasto interno dos consumidores da China continental – termo geográfico que exclui Hong Kong e Macau – e pelo aumento do turismo europeu que, apesar da turbulência sócio-política em países como o Reino Unido e França, impulsionou o crescimento positivo na região durante a temporada de férias de 2018.

Enquanto isso, foi registrado um enfraquecimento da confiança do consumidor e diminuição no tráfego em shoppings e lojas de departamento na América do Norte.

LEIA TAMBÉM
Que tal alugar um castelo na França? Airbnb anuncia hospedagens de luxo

A consultoria analisou os mercados asiático, europeu e norte-americano. Nos Estados Unidos, a Bain & Company prevê um crescimento um pouco abaixo da média global: 2 a 4% em 2019.

A empresa explica que a estimativa de aumento tímido nas vendas do setor se deve à queda da confiança do consumidor norte-americano.

Na Europa, a previsão é de 1% a 3% de alta em 2019. “No futuro, a revolução sociopolítica e o enfraquecimento das perspectivas macroeconômicas continuam a representar uma ameaça aos gastos da região com bens de luxo pessoais”, indica a consultoria no relatório.

Na China continental, o crescimento fica muito acima da média. Os consumidores locais demonstram uma forte preferência pela compra de bens de luxo de empresas chinesas. A Bain & Company prevê crescimento de 18% a 20% e atribui a estimativa de crescimento robusto a iniciativas governamentais, alta confiança do consumidor e harmonização dos preços no país.

Mega tendências

A pesquisa da Bain & Company identifica cinco mega tendências que provavelmente moldarão a próxima geração de luxo a longo prazo: