Férias: saiba como funciona o seguro viagem

Ter um seguro viagem é essencial e é preciso saber usar. Confira detalhes sobre contratação, benefícios e problemas que podem ser evitados com o serviço

Por: - 1 mês atrás

seguro viagem Crédito: Unsplash

Vai sair de férias? Imprevistos acontecem e podem ser cansativos e preocupantes durante qualquer viagem. Foi pensando nisso que 26 países estabeleceram o acordo de Schengen, que obriga a contratação de um seguro viagem para turistas. No tratado, foi estipulado um valor mínimo de 30 mil euros para todos os viajantes.

Mas como funciona o seguro viagem? O turista vai pagar apenas um valor de acordo com o total de dias viajando. Geralmente, o valor do seguro para viagens internacionais é de R$ 9 a R$ 25 por dia.

A maioria cobre despesas médicas e outros serviços, como suporte jurídico, indenização por extravio da bagagem, auxílio em caso de perda de documentos e reembolso por atrasos ou cancelamentos de voos.

Contratação

Existem várias empresas no mercado que são especializadas em seguro viagem e acessíveis. Além das agências de turismo, muitas vezes a própria bandeira do cartão de crédito usado para comprar a passagem aérea também oferece a proteção.

CONFIRA A ÚLTIMA EDIÇÃO DA REVISTA CONSUMIDOR MODERNO

No momento da contratação do serviço é importante observar a cobertura de cada plano e adequar a escolha ao seu período de viagem e suas atividades turísticas.

Como utilizar?

O ideal ao fazer uma viagem internacional é investir na proteção de qualquer coisa que possa ser desagradável. Existe uma diferença entre seguro e assistência de viagem. Normalmente, o seguro reembolsa as despesas do viajante, enquanto a seguradora recomenda que o turista faça uma triagem por telefone e o consumidor é encaminhado para o hospital credenciado.

Atualmente a maioria das empresas comercializam um produto híbrido, que funciona como assistência ou seguro a depender da gravidade da ocorrência.

5 destinos inovadores de viagem para as férias de julho