Pesquisa aponta otimismo do brasileiro em recuperação econômica

Estudo da Kantar em parceria com a Acrefi revela o cenário e perspectivas dos brasileiros para o futuro, disposição para consumo, crédito e financiamento

Por: - 1 semana atrás

Crédito: Shutterstock

Em meio a um novo governo com seis meses de atuação e um dos mais altos índices de desemprego já registrados na história do Brasil, uma pesquisa feita pela Kantar, em parceria com a Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), aponta aumento do otimismo do brasileiro na recuperação econômica do país e a melhora da oferta em postos de trabalho em relação a anos anteriores.

O estudo, com o objetivo de avaliar a expectativa dos brasileiros com o cenário nacional e mundial, revelou que 13% dos brasileiros avaliam que o país está em uma situação ótima ou boa, enquanto 51% acham que o país está em uma situação ruim ou péssima. O mesmo levantamento, feito em 2018, registrou um otimismo de 4% dos respondentes.

Para Viviane Varandas, diretora de atendimento ao cliente da Kantar, o resultado encontrado é fruto da vivência de um novo governo baseado em expectativas criadas com a eleição em outubro.

“O desemprego ainda é uma questão que preocupa os brasileiros, mas vale destacar que o ele está mais consciente e acredita que melhorias podem acontecer nos próximos dois anos”, conta a executiva.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno!

Futuro

Sobre perspectivas futuras e o que se espera para os próximos anos, o estudo da Kantar mostrou que 60% dos entrevistados se preocupam e estão atentos com sua fonte de renda e o emprego que possuem. Sobre o seu otimismo, 37% deles acredita que melhorias podem acontecer em 2020.

Cerca de 10% dos respondentes espera melhora no cenário político e econômico somente em 2021.

Mudança

Em relação aos pontos relevantes para o trabalho e investimento do Poder Executivo, a pesquisa mostra que a Reforma da Previdência é a pauta mais relevante do momento para os entrevistados, com 21% das respostas. Em segundo lugar surge a Educação como principal setor de investimento, com 18% da opinião dos respondentes, a maioria jovens.

Para Nicolas Tingas, economista-chefe da Acrefi,  a convergência em relação à Reforma da Previdência é um cenário presente no estudo. “Um dos destaques é essa convergência de todos os pesquisados em relação à Reforma da Previdência. A agenda econômica deixa de ser uma agenda de proposição e passa a ser uma agenda de realização, em que as pessoas percebam que a agenda é positiva e progressiva”, afirma.

Metodologia

De acordo com a Kantar, mil pessoas foram entrevistadas, entre os 18 e 65 anos, de ambos os gêneros e das cinco regiões do Brasil. Segundo Viviane, a pesquisa buscou trazer um retrato homogêneo do país com entrevistados de todos os locais e com promoção de variedade.

Mudança de hábito: confira lista de aplicativos para monitorar comportamentos