Preço do Iphone no Brasil é um dos mais altos do mundo

Aparelho registrou aumento de 127% em comparação ao valor na época de seu lançamento, em 2007. Dados foram revelados pela pesquisa Iphone Price Index, da fintech de crédito Self Lender

Por: - 1 mês atrás

Iphone

Tem gente que não abre mão dos aparelhos da Apple, mas a grande maioria questiona com frequência os altos preços dos produtos comercializados pela empresa de Steve Jobs. Não à toa a pesquisa Iphone Price Index, realizada pela fintech de crédito Self Lender, listou  a porcentagem de aumento no preço dos Iphones desde seu lançamento. 

O Brasil ocupa o penúltimo lugar do ranking como um dos países em que o aparelho é vendido com o maior preço. Para se ter ideia um modelo top de linha da empresa custa hoje 127% mais caro do que em 2007, quando foi lançada a primeira versão do Iphone no país. Em último lugar está o Reino Unido que registrou os preços mais altos no smartphone ao longo dos anos – 133% de aumento. 

Para fazer o levantamento, a fintech multiplicou o valor de lançamento do Iphone pelas mudanças no PIB percapita desde então.  Desta forma, elimina-se os valores de inflação e as mudanças nos preços de bens e serviços locais. Depois, foi feito um comparativo com o preço de lançamento do modelo mais recente da Apple – o Iphone XS, em 2018. 

LEIA TAMBÉM
Usuários de iPhone devem demorar, em média, 4 anos para trocar de aparelho
Apple lança recurso e possibilita olho no olho em chamadas de vídeo. Entenda
Qual o futuro da Apple?

Além de rankear os países de acordo com o valor de aumento da venda do iPhone ao longo dos anos, a pesquisa concluiu que, desde 2007, eles encareceram 70% em todo o mundo. O que significa que hoje quem compra o telefone paga 496 dólares (o equivalente a 1855 reais) mais caro do que no lançamento. 

A Irlanda foi o que registrou o menor aumento, com apenas 2%, seguida de Filipinas, com 4%, e Polônia, 10%. 

VEJA ABAIXO A LISTA COMPLETA

Irlanda – 2%

Filipinas – 4%

Polônia – 10%

Japão – 28%

Rússia – 36%

China – 38%

Áustria – 40%

França – 42%

Turquia – 43%

Coréia do Sul – 44%

México – 45%

Portugal – 46%

Espanha – 47%

Dinamarca – 47%

Nova Zelândia – 49%

Itália – 52%

Estados Unidos – 54%

Noruega – 59%

Hungria – 65%

Alemanha – 83%

Taiwan – 91%

República Tcheca – 96%

Bélgica – 97%

Luxemburgo – 98%

Tailândia – 105%

Finlândia – 105%

Holanda – 106%

Malásia – 114%

Suécia – 121%

Canadá – 121%

Austrália – 122%

Emirados Árabes Unidos – 123%

Brasil – 127%

Reino Unido – 133%

Iphone