O futuro da habitação

Conheça a habitação projetada para os quatro tipos de gerações familiares na China com três andares e quartos feitos de concreto

Por: - 1 mês atrás

habitação Crédito: AZL Architects

Uma família da China entrou em contato com o escritório de arquitetura AZL Architects para criar uma casa para as quatro gerações. O resultado foi a Song House, uma propriedade moderna de três andares e quartos feitos de concreto da cidade rural chinesa de Nansong.

A casa foi projetada para quatro gerações: um casal de 50 e poucos anos e três parentes mais velhos, que ocasionalmente precisam de cadeiras de rodas. Há também espaço para a filha do casal, seu marido e seu filho.

A característica principal é uma rampa suavemente inclinada que circunda o perímetro exterior da casa (semelhante à rampa do interior do Museu Guggenheim de Nova York), dando aos usuários de cadeiras de rodas da casa fácil acesso entre o piso inferior e o primeiro andar.

O andar inferior tem quartos privados para um dos parentes mais velhos e o primeiro andar tem três quartos. O segundo andar pertence à neta e possui um quarto e espaço de jogo.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno! 

Futuro

Segundo os arquitetos, a ideia é que todos possam se sentir conectados quando quiserem, mas aproveitem a privacidade quando necessitarem.

À medida que as populações envelhecem em todo o mundo, o projeto dos Arquitetos AZL oferece um modelo convincente do futuro da habitação: casas projetadas não apenas para famílias nucleares saudáveis, ​​mas para as diferentes necessidades que abrangem várias gerações.

*com informações da Fast Company