Veja lista de dados coletados pelo app que envelhece as pessoas

O sucesso do “FaceApp”, aplicativo que envelhece as pessoas, levanta o debate sobre a quantidade de dados coletados por um app de uma empresa da Rússia

Por: - 3 meses atrás

proteção de dados A duquesa de Cambridge, Kate Middleton

Aplicativos ou funcionalidades “da moda” sempre se apresentam com a falsa aura de gratuidade. No fundo, todos os apps tem um mesmo objetivo: coletar todo o tipo de informação ou rastro digital de uma pessoa na internet, seja em um site ou uma rede social. E com o FaceApp, o mundialmente famoso aplicativo que envelhece as pessoas, não é exceção.

Criado pela empresa russa Wireless Lab, o aplicativo possui uma lista bem generosa de dados que serão coletados pela empresa em sua política de privacidade. A questão não é “vilanizar”o app, mesmo porque a lista não é muito diferente de outros aplicativos e muito menor, por exemplo, que as informações colhidas pelo Facebook. O objetivo é apenas chamar a atenção para o modelo “mainstream” da coleta de dados em prática nos dias de hoje. Veja:

proteção de dados

Conteúdo do usuário

A empresa coleta as fotos e outras mídias que utilizem o filtro FaceApp.

Comunicações entre você e o FaceApp

A empresa armazena todo o tipo de envio de e-mail relacionado ao serviço (como, por exemplo, alterações/atualizações de recursos do serviço, avisos técnicos e de segurança). Um detalhe: não existe a opção “não receber e-mails” relacionados ao serviço.

Informações do Analytics

A empresa utiliza ferramentas de análise de dados de terceiros para ajudar a medir o tráfego e também verificar tendências de uso do serviço. Essas ferramentas coletam informações enviadas do seu dispositivo ou por meio do serviço da empresa, incluindo as páginas da web visitadas, complementos e outras informações que ajudam a melhorar o serviço oferecido pelo aplicativo. “Coletamos e usamos essas informações analíticas com informações analíticas de outros usuários, de modo que não possa ser razoavelmente usado para identificar qualquer usuário individual em particular”, diz a política da empresa.

Cookies e tecnologias similares

Outra informação coletada são os cookies de navegação e tecnologias semelhantes, tais como pixels e web beacons, com o objetivo de entender como a pessoa utiliza o FaceApp. O objetivo, segundo a empresa, é aprimorar os recursos do app e a experiência do usuário. Além disso, a empresa afirma que poderá solicitar que anunciantes ou outros parceiros veiculem anúncios ou serviços em seus dispositivos, que podem usar cookies ou tecnologias semelhantes colocadas por nós ou por terceiros.

Informações do arquivo de log

O aplicativo armazena o chamado Arquivo de log. Em linhas gerais, trata-se de um registro usado por todos os tipos de softwares e sistemas operacionais (IOS e Android, por exemplo) para rastrear algo que ocorreu, geralmente com detalhes do evento, data e hora. Pode realmente ser usado para qualquer coisa que o aplicativo julgue apropriado escrever.

Dados de IP, navegador cliques e outros

Ao usar o FaceApp, os servidores da Wireless Lab registram automaticamente determinadas informações como solicitação da Web, endereço de IP, o tipo de navegador usada, número de cliques, páginas de destino, páginas visualizadas, entre outros dados. Também podem coletar informações semelhantes a partir de e-mails enviados para outrsos usuários, o que ajuda a empresa a rastrear quais e-mails são abertos e quais links são clicados pelos destinatários. As informações permitem relatórios e melhorias do serviço.

Identificadores de dispositivo

Ao usar um dispositivo móvel, como um tablet ou telefone para acessar o serviço, a empresa poderá acessar, coletar, monitorar, armazenar em seu dispositivo ou remotamente um ou mais “identificadores de dispositivo”. Os identificadores de dispositivo são arquivos de dados pequenos que identificam exclusivamente seu dispositivo móvel. Esse dado poderá ser compartilhado para um parceiro terceirizado para ajudar a compreender sobre como você navega e usa o aplicativo afim de produzir relatórios, conteúdos e anúncios personalizados. Alguns recursos do serviço podem não funcionar corretamente se o uso ou a disponibilidade de identificadores de dispositivos estiver prejudicado ou desativado.

Metadados

Em linhas gerais, metadados são informação técnicas associadas ao conteúdo de cada usuário. Os metadados, por exemplo, podem descrever como, quando e por quem uma parte do conteúdo do usuário foi coletada e se ele foi formatado. Os usuários podem adicionar ou adicionar metadados ao conteúdo do usuário, incluindo uma hashtag (por exemplo, para marcar palavras-chave quando você compartilha uma foto) ou outros dados.

LEIA TAMBÉM
Mudança de hábito: confira lista de aplicativos para monitorar comportamentos
Aplicativos que ajudam a combater medo de avião
Google elege melhores aplicativos para Android de 2019; veja lista

FaceApp