“Não Me Perturbe”: em 12 horas 247 mil cadastros

Cadastro nacional criado pelas empresas de telecomunicação para coibir chamadas de telemarketing entrou no ar nesta terça-feira (16)

Por: - 4 semanas atrás

Não Me Perturbe Crédito: Shutterstock

A plataforma online “Não Me Perturbe”, em funcionamento desde o início desta terça-feira (16), registrou 247 mil cadastros de bloqueio nas primeiras 12 horas, de acordo com balanço divulgado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil).

O serviço pioneiro foi criado por empresas de telecomunicações para registrar usuários que não desejam receber ligações de telemarketing. O site vem tendo, em média, 13 mil acessos simultâneos, com pico superior a 40 mil visitas registradas durante a manhã.

A solução foi uma iniciativa pioneira das principais operadoras do país – Algar, Claro, Oi, Nextel, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo – e poderá servir de exemplo para outros setores.

6 dúvidas sobre o cadastro de “Não Me Perturbe”

Como funciona?

Na ferramenta, o usuário pode registrar seu número de telefone para não receber ligações de telemarketing das prestadoras de telecomunicações signatárias, com natureza de venda de produtos e serviços (telefonia fixa, celular, internet e TV por assinatura).

Para efetuar a solicitação na plataforma, o usuário tem que informar o nome completo, CPF e e-mail para criar um login de acesso.  O bloqueio das chamadas será efetivado em até 30 dias corridos a partir da data da solicitação.

O Brasil tem 266 milhões de clientes de telefonia fixa e móvel. A iniciativa surgiu do diálogo entre as prestadoras e a Anatel, com o objetivo de respeitar a vontade de cada usuário individualmente.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno!