Ações da Via Varejo sobem mais de 7% com chegada de novo executivo

Vindo do Mercado Livre, a nova contratação tem como objetivo acelerar e consolidar a transformação digital da empresa, segundo a companhia em nota

Crédito: Divulgação

As ações da rede de móveis e eletrodomésticos Via Varejo cresceram mais de 7% na bolsa de valores com a chegada do novo executivo Helisson Lemos, na companhia. No mês de julho, os papéis acumularam valorização de mais de 30%. No ano, subiram 60%.

Vindo do Mercado Livre, a nova contratação tem como objetivo acelerar e consolidar a transformação digital da empresa, segundo a companhia em nota.

“A medida faz parte da reestruturação da companhia, após recente aquisição de parte do controle da Via Varejo para os Klein. Vemos valor a ser destravado”, escreveu em relatório.

A companhia passou por uma troca de controle em junho. O empresário Michael Klein adquiriu 1,6% do capital social da Via Varejo em leilão de venda de ações na B3, tornando-se o maior acionista de referência.

Pão de Açúcar vende suas ações e Klein retoma controle da Via Varejo

O GPA vendeu toda sua participação no capital social da empresa pelo preço de R$ 4,90 por ação, totalizando R$ 2,3 bilhões. Com a mudança, a varejista quer reforçar a concorrência com o Magazine Luiza para recuperar a trajetória de sucesso da marca Casas Bahia, que por anos foi referência no varejo nacional.

Alta do dólar

O dólar quebrou uma sequência de quatro quedas e fechou em alta frente ao real nesta segunda-feira (15), num movimento em grande parte alinhado aos ganhos da moeda no exterior. O dólar comercial subiu 0,45%, a R$ 3,7563 na venda. É a primeira alta desde 5 de julho, quando a cotação avançou 0,54%.

LEIA TAMBÉM:
Casas Bahia lança aplicativo de Realidade Aumentada para clientes

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS