Japão cria lei que libera motorista para usar celular e comer em carro semiautônomo

Condutor vai poder tirar os olhos da via e as mãos da direção em algumas condições. Legislação entra em vigor em maio de 2020

Por: - 1 mês atrás

carro semiautônomo Crédito: Unsplash

A partir de maio de 2020, motoristas de veículos semiautônomos no Japão poderão deixar a direção de lado e se concentrar em outras coisas enquanto o automóvel comanda a viagem.

Uma nova legislação, aprovada no final de maio de 2019, e que entra em vigor no mesmo mês no ano seguinte, muda as regras para a condução de carros com autonomia 3, ou seja, de nível médio, segundo com o Japan Times.

LEIA TAMBÉM
Bosch trabalha em tecnologia para táxis voadores

O motorista poderá tirar os braços e as mãos da direção em algumas ocasiões, como tráfego interrompido ou rodovias expressas. Os veículos terão de ter seguro e o dono será responsável por eventuais acidentes causados por falta de manutenção ou por ignorar alertas do carro.

A decisão é um passo a mais no plano do país em contar com carros autônomos nas ruas durante os jogos olímpicos de Tóquio, em junho de 2020. Em 1964, quando o país também sediou as Olimpíadas, o evento foi utilizado para o lançamento do trem-bala, por exemplo.

Veículos autônomos

Como muitos dos avanços tecnológicos, os veículos autônomos são um antigo desejo da sociedade, que no imaginário humano só poderia acontecer através da ficção científica.

Porém isso não aconteceu até que a disciplina da inteligência artificial avançasse o suficiente, assim a potência das máquinas permitiu a construção de veículos realmente autônomos.

O veículo autônomo pode ser uma motocicleta, um carro ou um caminhão que disponha de um sistema de orientação que permita ir a algum lugar de forma independente e sem interferência humana.

LEIA MAIS: Confira a edição online da Revista Consumidor Moderno!