Pinterest lança cards para ajudar usuários com ansiedade

Empresa colocou alguns cards com atividades que ajudam pessoas durante crise. Produto estará disponível para todos os usuários em algumas semanas

Crédito: Divulgação

O Pinterest quer ajudar usuários que sofrem com ansiedade e estresse. A empresa colocou em sua plataforma técnicas para auxiliar quem tem problemas com sua saúde mental. Quando os usuários pesquisam termos como “ansiedade no trabalho” e “frases sobre estresse” a plataforma exibe alguns cards que mostram exercícios de respiração e conteúdos de autoajuda.

O novo produto estará disponível para todos nas próximas semanas. A funcionalidade foi criada em parceria com a Brainstorm, o laboratório de inovação em saúde mental da Universidade de Stanford. A ideia é que os usuários completem as atividades quando tiverem crises de ansiedade, tristeza ou estresse.

Privacidade total

O Pinterest quer que os usuários entendam que estas são atividades que não estão vinculadas às suas contas. A identidade visual dos cards que trazem as atividades e conselhos aos usuários é diferente do resto do aplicativo, justamente para o usuário entender que nada que ele faça naquele ambiente será exposto.

Crédito: Divulgação

A companhia afirma que nenhum anúncio será baseado nas visitas do usuário aos novos ambientes. Além disso, o Pinterest garante que não rastreia quem está usando os cards

“As pessoas vêm ao Pinterest para ter ideias, se inspirar e focar em si mesmas, em seus interesses e em seus futuros. A pesquisa é uma das formas de se inspirar, mas sabemos que a vida nem sempre é tão inspiradora, tampouco a internet é”, disse gerente de produto do Pinterest, Annie Ta.

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Quanto custa abrir uma franquia de varejo no Brasil?

Home office é tendência de trabalho para 2020: veja 5 dicas

“Parasita”: Pessoas, baratas, parasitas e a diluição da identidade

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

Quais são as tendências para 2020. Veja a lista

VEJA MAIS