Sony lançará ar condicionado de bolso

Batizado de Reon Pocket, o projeto do gadget arrecadou mais de 64 milhões de ienes (moeda japonesa), cerca de R$ 2,4 milhões de reais

Imagine você, uma caminhada na orla de Copacabana durante o ápice do verão e de temperaturas altas. Mas no caso, você está indo para o trabalho com um traje social: camisa, calça de sarja e sapatos apertados. Já deu para sentir a sensação excruciante do calor e suor? Mas a solução para o problema que assola escritórios parece estar próxima. Após o fim de uma rodada de financiamento coletivo, a Sony anuncia a produção de um ar condicionado vestível.

Agora imagine uma caminhada pelo frio extremo do sul brasileiro durante o alto inverno. O que você faria para se aquecer? Sim, você também poderia contar com a novidade da gigante japonesa. Demais né? Será que funciona na prática?

Dentre todas as novidades tecnológicas, essa talvez seja a que mais te anime, ainda mais se você estiver enfrentando o calor ou frio extremo. O dispositivo funciona de forma prática e funcional, já que um bolso o carregará acoplado na altura da nuca. Você poderá controlar tudo pelo celular. Quantos graus quer para hoje? Será possível diminuir ou aumentar a potência com o toque dos dedos.

Batizado de Reon Pocket, o projeto do gadget arrecadou mais de 64 milhões de ienes (moeda japonesa), cerca de R$ 2,4 milhões de reais. Toda a mecânica de crowdfunding ocorreu através da plataforma própria da Sony para inovações da companhia, a First Flight.

Um refresco para poucos

A pior parte da novidade, é que por enquanto, os modelos foram desenvolvidos apenas para homens. A “parte de baixo” apropriada para alocar o dispositivo virá em três tamanhos: S, M e L (Small, médium e large). Todos no padrão americano de medida.

A bateria é amigável e precisa de apenas uma carga de duas horas para funcionar durante um dia inteiro. Pelo menos essa é a promessa da Sony. A bateria é de íon e o aparelho é bem pequeno, mede cerca de 11,6 centímetros de diâmetro.

O dispositivo chegará ao Japão com o preço de 14.080 íenes. Ainda não há previsão da chegada do device em outros países. Como o crowdfunding rolou exclusivamente no território nativo da empresa, é previsto que por enquanto, o lançamento ocorra apenas por lá.

Todos que investiram na empreitada devem receber seu exemplar do ar condicionado a partir de março de 2020.

VEJA TAMBÉM: Pavlok: o bracelete que dá choques em quem sai da dieta

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Vídeos

VEJA MAIS

Revista Consumidor Moderno

VEJA MAIS