Conheça as 10 rotas aéreas mais lucrativas do mundo

Forbes fez levantamento dos voos que mais geram receita às companhias aéreas. Dos 10 analisados, metade passam pelo aeroporto de Heathrow, em Londres

Por: - 3 meses atrás

companhias aéreas

Em maio deste ano muito se falou da suspensão das operações da Avianca no Brasil. Em meio a crise, também se discutiu sobre os impactos no setor de aviação. A bem verdade, apesar dos altos preços das passagens, e do alto nível de competitividade entre as companhias aéreas, o mercado mundial ainda abocanha bilhões de dólares todos os anos.

Em levantamento recente, a Forbes listou as dez rotas mais lucrativas do mundo. Para se ter ideia, apenas entre abril de 2018 e março de 2019 elas acumularam mais de 6 bilhões de dólares às companhias.

Quem viaja do aeroporto de Heathrow, em Londres, rumo ao JFK, em Nova York, pela British Airways, está colaborando efetivamente para uma receita anual de 1,16 bilhão à companhia britânica. Não à toa este é o voo mais lucrativo do planeta. Além disso, dos dez trechos analisados, metade aterrissam na capital inglesa.

Confira abaixo o top 10

1.LONDRES – NOVA YORK
Heathrow > JFK

O voo operado pela companhia britânica British Airways foi considerado o mais lucrativo do mundo. Um dos principais motivos para números que chegam a 1,16 bilhões de dólares é a alta adesão por cabines First ou Business Class, que chegam a 30% de todos os assentos. E qual o valor da receita por hora de voo? 27.159 dólares.

+ SOBRE O ASSUNTO: Passageiros da British Airways já podem usar realidade virtual em voo

2. MELBOURNE – SIDNEY
Operado pela Qantas Airways este voo entre as duas maiores cidades da Austrália registrou lucro de 861 milhões de dólares à companhia em 2018. Assim como quem viaja de Londres a Nova York, a receita média também é altíssima: 23.773 mil dólares.

3. DUBAI – LONDRES

Quando se pensa na Emirates Airline seu voo mais importante é o que sai de Dubai rumo ao aeroporto de Heathrow, na capital inglesa. O grande diferencial da companhia são as aeronaves supermodernas e também o alto nível de seu serviço de bordo. A rota rendeu cerca de 796 milhões de dólares à companhia no ano passado.

4. SINGAPURA – LONDRES

Considerada atualmente uma das melhores companhias de aviação do mundo, a Singapore Airlines abocanhou, apenas com o trecho rumo a Heathrow, 736 milhões de dólares. Só o valor médio por hora de voo é de 18.771 mil dólares.

5. SÃO FRANCISCO – NEWARK

Operado pela United Airlines, apenas este trecho teve lucros registrados de 689 milhões de dólares.

6. LOS ANGELES – NOVA YORK
LAX > JFK

Também operado pela American Airlines, este voo está na lista dos de maior arrecadação da América do Norte, com 662 milhões de dólares.

7. DOHA – LONDRES

Um dos principais serviços da Qatar Airways sai justamente de Doha rumo ao aeroporto de Heathrow, em Londres. Só este trecho gerou lucro de 639 milhões de dólares para a empresa.

8. HONG KONG – LONDRES

Apesar de ter sofrido queda em relação a 2017 e descido algumas posições no ranking, o voo da Cathay Pacific gerou receita de 605  milhões de dólares apenas no ano passado.

9. CINGAPURA – SYDNEY

O trecho que segue rumo a cidade australiana e operado também pela Singapore Airlines vendeu cerca de 550 milhões de dólares em passagens aéreas.

10. VANCOUVER – TORONTO

Único voo no Canadá, este trecho da Air Canada é também o mais lucrativo. Gerou receita de 541 milhões de dólares em 2018.

+ SOBRE O ASSUNTO

Voom lança app com serviço de táxi aéreo para empresas
Celular no avião é mesmo perigoso?
Aplicativos que ajudam a combater medo de avião

companhias aéreas