Nubank e a chegada do cartão de débito e dos saques

Em teste desde dezembro de 2018, agora será possível sacar dinheiro nos caixas 24 horas e utilizar a opção de débito com os cartões NuBank

Por: - 3 meses atrás

Nubank Débito e Saques

Para quem tem uma NuConta, conta digital do Nubank, a notícia é boa! Foram liberados os saques e os cartões de débito para todos os clientes. Em teste desde dezembro de 2018, agora será possível sacar dinheiro nos caixas 24 horas e utilizar a opção de débito com os cartões NuBank.

Apesar de ser mais uma iniciativa da empresa que é popular por não cobrar taxas e ter uma rentabilidade maior que a da poupança, cada saque nos caixas da rede 24 horas, terá uma taxa de R$ 6,50. O custo, segundo a empresa, é referente a manutenção de infraestrutura que possibilita os saques e a operação.

LEIA +

87% dos consumidores estão dispostos a testar fintechs para serviços bancários
Apple lança cartão de crédito com programa de cashback

Até o presente momento, a NuConta possui mais de 8 milhões de clientes – 5 milhões deles aderiram ao serviço após o anúncio da função débito em dezembro. A mudança principal em relação aos novos clientes é que todos poderão solicitar um cartão de débito. Até então, a função só era possível para quem já possuía um cartão de crédito.

Digital ou físico?

Recentemente, a empresa abriu as portas para os clientes pessoa jurídica. Apesar da chegada do novo público para essas contas, a função débito chegará um pouco mais tarde. Segundo a companhia, as contas empresariais encontram-se no mesmo estágio da NuConta há um ano e meio.

Os investimentos do Nubank têm surtido efeito. A fintech foi o primeiro banco digital a atingir o capital de R$ 10 bilhões. Isso, deve-se ao aporte de US$ 400 milhões no fundo americano TCV. Agora, o caminho é a abertura de funções de tradicionais empresas financeiras, como assessoria de investimentos e o fim da fila de espera para a solicitação.

Em entrevista ao Estado de S. Paulo, Vitor Oliver, vice-presidente do Nubank, destaca que o foco permanece é no digital, mas que de qualquer forma a empresa entende a importância do saque. “O mundo físico é muito caro”, disse ele se referindo aos concorrentess que oferecem o saque sem taxas.


+ SOBRE O NUBANK

Nubank: cinco motivos para o seu favoritismo
A lógica do Nubank é: mais experiência, menos marketing
Agência bancária do futuro limitará transações. O que muda no novo modelo?
Conheça os diferentes segmentos das fintechs